Domingo, 19 de Janeiro de 2020

Fortalecimento e organização são os temas do 1º Seminário das Feiras Livres de Cuiabá




COMPARTILHE

Com o objetivo de valorizar e fortalecer o trabalho dos feirantes da capital, a prefeitura de Cuiabá, através da Secretaria Municipal de Trabalho e Desenvolvimento Econômico, deu início ao 1º Seminário das Feiras Livres de Cuiabá, com o tema “Organizar para valorizar nosso feirante”, no Hotel Fazenda Mato Grosso.

O secretário da pasta Dilemário Alencar, aponta que o evento significa um grande avanço para a categoria, já que pretende plantar a semente da organização nas feiras livres. “Precisamos construir políticas públicas para o setor, assim as feiras poderão atrair cada vez mais consumidores. Temos que olhar para a Copa do Mundo de 2014 e ter certeza de que os turistas que virão, poderão frequentar uma feira livre. Para tudo isso, precisamos que elas sejam organizadas e seus trabalhadores valorizados”, disse ele.

Em Cuiabá, existem 1.057 feirantes, que exercem suas atividades em 51 feiras livres, realizadas de terça-feira a domingo, em diversos bairros da capital. Nestas feiras, predominam a comercialização de produtos hortifrutigranjeiros e produtos de primeira necessidade e de uso doméstico, como cereais, carnes bovina, suína, frango, peixes, doces caseiros, lanches (pasteis, salgados, sucos, caldos de cana), conservas em geral, frios e lacticínios, sementes, temperos e armarinhos.

O presidente do Sindicato dos Feirantes de Mato Grosso e da União das Feiras de Cuiabá, Pedro Albuquerque, agradeceu a iniciativa da prefeitura, afirmando que o seminário é uma forma de reconhecer o trabalho dos feirantes. “Temos muito orgulho do nosso trabalho e a prefeitura tem sido nossa parceira nesse sentido. Juntos, estamos trabalhando por uma padronização das feiras na capital”, afirmou.

O vereador Misael Galvão aproveitou a oportunidade para contar que foi destinada emenda coletiva para a implantação de banheiros químicos nas feiras livres. Já o deputado federal Eliene Lima disse que, com organização quem tem a ganhar será a sociedade e aproveitou para prometer emenda parlamentar às feiras livres da capital.

“A ideia defendida pela gestão do prefeito Francisco Galindo é criar o hábito de todo ano, a prefeitura de Cuiabá realizar este tipo de seminário, instituindo um espaço para debater assuntos de interesse dos feirantes, avaliar execução de planos de trabalho, trocar experiências com outros municípios, promover qualificação profissional na área de atendimento ao publico, manuseio de alimentos e incentivar a organização da categoria”, contou Dilemário.

O evento também contou com a participação de entidades representativas dos feirantes, Sebrae/MT, Vigilância Sanitária, Instituto de Peso e Medidas de Mato Grosso, Ministério Público e Secretaria Extraordinária da Copa.


Autor:Jornal da Noticia com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<