Sábado, 16 de Novembro de 2019

Três são presos por assalto em empresa comandado por adolescente de 14 anos




COMPARTILHE

Policiais do 3º Batalhão de Polícia Militar prenderam três rapazes em flagrante delito, entre eles um adolescente de 14 anos, pelo assalto ocorrido na noite do último sábado (06/08) a empresa de cestas básicas localizado do bairro Morada do Ouro II, em Cuiabá.

Uma guarnição do 3º BPM fazia rondas no bairro quando recebeu o chamado do Ciosp sobre o assalto em curso no estabelecimento comercial. Com apoio de outras guarnições, capturou os três. O primeiro a ser preso foi o adolescente que supostamente liderou o roubo, W.C.R, de 14 anos, em uma rua lateral ao prédio da empresa.

A PM apreendeu com ele um revólver 38 com quatro munições intactas e o dinheiro roubado, R$ 20,9 mil. Ao receber a ordem de prisão o menor jogou a arma no solo e logo depois, indagado pelos policiais, mostrou onde estava a caixa de papelão que havia retirado do cofre com o dinheiro.

Os outros presos são: João Fernando Alves dos Santos, 19, e Wesley Silva de Souza, 18 anos. A segunda arma usada no crime, uma pistola cromada PT 57 com duas munições, estava com Wesley. Esse acusado ainda tentou fugir dos policiais se escondendo dentro de um barco que estava no pátio da empresa. Mesmo se enrolando em uma lona o ladrão foi visto e preso.

João Fernando conseguiu deixar o prédio da empresa e tentou fugir ao perceber que guarnições da PM chegavam ao local. Os policiais o flagraram debaixo de um caminhão, atrás de um dos pneus.

De acordo com o relato do empresário W.A.V., 47, os três ladrões, dois deles armados, o surpreenderam quando estava trabalhando. Deram ordem para abrir o cofre fazendo ameaças de morte. Os três acusados foram entregues a Polícia Civil na Central de Flagrantes do Cis-Planalto.


Autor:AMZ Noticias com Alecy Alves


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<