Quinta-Feira, 21 de Novembro de 2019

Deputados estaduais disputam eleições, mas não deixam a Assembleia Legislativa




COMPARTILHE

Os deputados estaduais que irão concorrer o pleito eleitoral deste ano, não devem se licenciar dos cargos durante a campanha que pode se estender até o final de outubro.

Alguns ainda estariam analisando a situação. Apenas o deputado Pery Taborelli (PSC) já adiantou que não deixar de participar das sessões, que ocorrerão somente as quartas-feiras, durante o processo eleitoral.

Os deputados Wilson Santos (PSDB) e Emanuel Pinheiro (PMDB), que disputam a prefeitura de Cuiabá, avaliam se irão pedir licença do Legislativo, conforme informaram as assessorias de ambos os candidatos.

Já o deputado José Carlos do Pátio (SD), que concorre à Prefeitura de Rondonópolis, não deu retorno à reportagem do GD.

Suplentes

Caso o candidato tucano peça afastamento quem deve assumir a vaga é o apresentador  de televisão, Jajah Neves (PSDB). Na vaga de Pinheiro, assumiria o ex-prefeito de Juína (735 km de Cuiabá), petista Altir Peruzzo.

Já no lugar de Zé do Pátio, Daltinho (SD) e no lugar de Taborelli assumiria Dirceu Costa (PV).

Pautas do Executivo

A previsão é que a Assembleia Legislativa vote ainda em agosto pautas importantes do Executivo, a exemplo das reformas administrativa, tributária e a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).


Autor:Fernanda Leite com Gazeta Digital


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<