Segunda-Feira, 09 de Dezembro de 2019

Cabo da PM evita roubo de corrente, mas é morto por ladrões em Mato Grosso




COMPARTILHE

O cabo da Polícia Militar de Mato Grosso, Said Francisco Canam, de 33 anos, faleceu na madrugada de hoje após ter sido baleado no pescoço ao reagir uma tentativa de assalto numa lanchonete o bairro Jardim Guanabara, em Rondonópolis. O militar tentou evitar o roubo de uma corrente de ouro de um casal enquanto lanchava com a esposa num dia de folga.

A ocorrência aconteceu na tarde de sexta-feira e o cabo ficou internado por quatro dias após trocar tiros com uma dupla de assaltantes. Hoje, policiais militares localizaram os dois suspeitos do assassinato.

Vitor Teixeira da Silva, 20 anos, conhecido como “Vitinho” acabou morto também hoje ao reagir a abordagem de PMs numa região de mata próxima a um assentamento na região do Vale de São Lourenço. Inicialmente, o suspeito foi baleado, mas não resistiu aos ferimentos.

“Vitinho” tem uma extensa ficha criminal. Ele já havia sido acusado de cometer um latrocínio na cidade de Juscimeira, onde degolou e matou um homem. Após apreender o celular de “Vitinho”, a PM prendeu o comparsa Devid Wilker Alves dos Santos, de 19 anos, em Rondonópolis, que confessou participação no crime.


Autor:AMZ Noticias com FolhaMax


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<