Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

Empresária cuiabana faz B.O contra promoter sobre “festa da tornozeleira”




COMPARTILHE

A empresária Laura Grace registrou um boletim de ocorrência contra a promotora de eventos Madona Arruda, após a divulgação, pelo aplicativo WhatsApp, de uma suposta festa com “entrada gratuita” para pessoas que utilizam tornozeleira eletrônica.

Laura é proprietária do “Casa de Bamba”, espaço onde, segundo a mensagem, ocorreria a falsa festa. Ela acusa Madona de ser autora das mensagens, que citam bebidas e narguilé liberados no local. A tornozeleira eletrônica é um dispositivo utilizado por presos condenados aptos a cumprir regime semiaberto.

O evento, conforme a empresária, se chama, na verdade, “1 Ano de Firma Milionária” e não “1ª Festa da Tornozoleira Eletrônica”, como vinha sendo divulgado no aplicativo. A mensagem que convida para a falsa festa é, na verdade, uma montagem feita em cima da original.

“Ela me ligou dizendo que não fez as mensagens, que só compartilhou porque achou engraçado. Mas eu acho um absurdo uma pessoa como ela, que é pública, fazer apologia ao crime e envolver o nome do meu estabelecimento”, disse a empresária, que registrou o B.O. no Cisc Planalto.

Após tomar conhecimento das mensagens, Laura publicou prints da tela em seu Facebook. “Quero justificar a todos os clientes e amigos da Casa de Bamba que fomos vítima de um anúncio falso (...) Infelizmente serei obrigada a fazer um boletim de ocorrência contra essa pessoa”, escreveu na publicação.

A promotora de eventos afirmou que não é autora das mensagens e que procurou a empresária para se retratar do mal entendido. “Eu recebi em um grupo, passei para outro grupo, enfim. Foi tudo uma brincadeira que tomou grandes proporções. Procurei os produtores da festa para me desculpar, mas eles preferiram buscar a Justiça”, disse Madona.

Conforme a promoter, Laura teria, ainda, pedido que ela divulgasse o verdadeiro evento através de um vídeo, como forma de retratação. “Ela me pediu que eu gravasse um vídeo divulgando outra festa, mas eu me recusei”.

Madona disse também que foi comunicada sobre o B.O. e que seus advogados já estão tomando as medidas necessárias neste tipo de caso.

 


Autor:Erika Oliveira com Mídia News


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<