Segunda-Feira, 21 de Outubro de 2019

Taques evita racha na base e mantém Carlos Fávaro à frente da Sema




COMPARTILHE

Reforma administrativa, sim. Mudança na Secretaria de Meio Ambiente (Sema), não. Em outras palavras, foi isso o que disse Carlos Fávaro numa roda de jornalistas na Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), ontem, antes de uma coletiva de imprensa sobre o Pantanal. Sua fala joga um balde de água fria na ebulição sobre sua saída da Sema, como parte das mudanças no secretariado iniciadas no ano passado e que contempla filiados dos partidos da base aliada do governador Pedro Taques (PSDB).

Secretário de Meio Ambiente desde março do ano passado, o vice-governador Carlos Fávaro revelou que se reuniu com Pedro Taques e que os dois chegaram à conclusão de que ele deveria permanecer no cargo independentemente de eventuais mudanças no secretariado. Segundo ele, o entendimento entre os dois foi “acima das questões partidárias”.

Carlos Fávaro também revelou que na noite anterior recebeu a bancada estadual do seu partido, o PSD, e que a titularidade na Sema pautou parte da conversação. Ao término do encontro estava chancelada sua permanência no cargo.

Com a definição da continuidade de Carlos Fávaro na Sema, o partido continuará à frente de uma das principais secretarias do governo do qual é sua maior base de sustentação na Assembleia, onde ocupa seis das 24 cadeiras, com Gilmar Fabris, Zé Domingos, Leonardo Albuquerque, Pedro Satélite, Wagner Ramos e Nininho. Além da bancada estadual, o partido tem um representante no Congresso, o senador José Medeiros.

Em 23 de janeiro, portanto antes da reunião de Carlos Fávaro com Taques e de seu encontro com a bancada de seu partido, Fabris disse que ele somente sairia da Sema se quisesse, porque tanto o governador quanto os deputados de seu partido o querem naquela secretaria. Fabris assumiu a vice-presidência da Assembleia no começo deste mês.

Ao anunciar que permanecerá na Sema, Carlos Fávaro não falou sobre o funcionamento da secretaria, para não esvaziar o pronunciamento que em seguida faria num encontro na UFMT a fim de debater assuntos de interesse do Pantanal e diretamente ligados à questão ambiental.

 

 


Autor:Eduardo Gomes com Diário de Cuiaba


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<