Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019

Rede estadual de ensino recomeça período letivo de aulas em Mato Grosso




COMPARTILHE

O ano letivo para alunos de 519 escolas da rede estadual de ensino de Mato Grosso teve inicio nesta segunda feira, dia 13. No mesmo dia, o governador do Estado, Pedro Taques, entregou 1.018 tablets para três unidades, localizadas em Cuiabá, e inaugurou a Escola Estadual Dante Martins de Oliveira, em Várzea Grande.

As unidades que começaram as atividades encerraram o ano letivo/2016 no dia 31 de janeiro passado por conta da paralisação dos profissionais do setor ocorrida no ano passado e que durou 67 dias. Outros 237 colégios da rede não participaram do movimento e iniciaram as aulas há um mês.

Já a entrega dos tablets fez parte do projeto “Conectar”, uma iniciativa da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc) que visa melhorar o ensino nas disciplinas da Língua Portuguesa e Matemática.

Inicialmente, o projeto-piloto vai funcionar somente em três colégios da rede, sendo elas a Presidente Médici, contemplada com 361 aparelhos, Pascoal Ramos, com 202 e a Escola Paciana Torres com 455 tablets. Todas elas ficam na capital. O Estado conta com aproximadamente 750 unidades e 400 mil alunos.

O investimento, incluindo os aparelhos, infraestrutura e conteúdo disponibilizado, é da ordem de R$ 1 milhão, mas o custo para o Estado é zero. Os tablets foram doados pela startup Mira Educação. “O programa tem um custo de R$ 1 milhão, doação via ‘Consórcio Brasil Central’. Três estados do Brasil foram escolhidos, incluindo, Mato Grosso e graças ao trabalho da Secretaria de Educação”, destacou Taques.

Para melhor lidar com a tecnologia, 20 educadores das três escolas passarão por uma capacitação específica. A ferramenta, que deverá começar a ser utilizada efetivamente a partir de abril, será utilizada por alunos e professores do 6º e 9º do ensino fundamental.

Idealizadora da iniciativa, a Seduc afirma que o objetivo é adaptar o projeto à realidade das escolas, identificar quais as necessidades da rede para, aos poucos, expandir o projeto para o restante do Estado por meio de aplicativos, que poderão ser baixados e usados diretamente no celular dos professores, alunos e diretores.

Titular da Seduc, Marco Marrafon destacou ainda que a iniciativa tem o propósito de aproximar pais, alunos e professores pela interatividade e dinâmica da troca de informações, propiciada pelo uso da ferramenta. Cada escola contará com servidor próprio de internet destinado exclusivamente ao uso do projeto.

Ele explica que por meio dos tablets e aplicativos próprios da tecnologia, os professores poderão elaborar listas de exercícios, organizar roteiros de trabalho e planos de aula, sendo acompanhados pelos estudantes através do sistema online, que deverá armazenar as informações.

A tecnologia permitirá também que escola e professores acompanhem a evolução dos estudantes e pelos dados armazenados poderão ser identificadas as dificuldades de cada aluno. Outra vantagem é um maior monitoramento da frequência dos alunos.

Com as informações dos estudantes, os próprios pais poderão acompanhar a frequência dos filhos sem precisar sair de casa, através de login e senha que lhes serão ofertados para acessar o sistema.

INAUGURAÇÃO – À tarde o governador Pedro Taques inaugurou a Escola Estadual Dante Martins de Oliveira, no bairro José Carlos Guimarães, em Várzea Grande. A unidade funcionava em um galpão alugado e conta com capacidade para atender mais de mil estudantes.

A inauguração, que também contou a presença da prefeita Lucimar Sacre de Campos, faz parte de um pacote de entregas a serem realizadas pela Seduc para marcar o início do ano letivo nas 519 escolas da rede estadual.

A nova unidade de ensino também conta com laboratório de informática, refeitório, dois conjuntos de vestiários e quadra poliesportiva coberta, com arquibancadas de dois degraus nas laterais. Para a construção da escola, o governo investiu R$ 4,6 milhões.

A obra da escola e a aquisição dos tablets fazem parte do Pró-Escolas, um programa de investimentos na educação de todo o Estado. O Pró-Escolas abrange o desenvolvimento de ações em estrutura, ensino, inovação e esporte e lazer, com foco na melhoria da aprendizagem, na redução da evasão escolar e na valorização dos profissionais.

No orçamento da Seduc para o ano de 2017, atestado no Plano de Trabalho Anual apresentado à Assembleia Legislativa de Mato Grosso, R$ 180 milhões estão assegurados para utilização em obras de infraestrutura.

 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<