Quinta-Feira, 20 de Junho de 2019

Bebê salva em parto após morte da mãe tem alta da UTI em Rondonópolis




COMPARTILHE

Uma bebê nascida em parto quando a mãe gestante já  estava morta deixou a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) após completar 31 dias de vida, a informação é da assessoria de imprensa da Santa Casa de Misericórdia de Rondonópolis (212 km ao sul, para onde a recém nascida foi levada por uma ambulância do Samu na noite do dia 17 de fevereiro.

 A menina apresenta quadro estável, respirando ar ambiente, recebendo dieta oral com boa aceitação. A transferência ocorreu após a recém nascida evoluir no quadro neonatal.

Ainda não há previsão de alta, conforme explicou equipe médica. Também não há informações sobre sequelas em relação aos problemas enfrentados no parto realizado cerca de 15 minutos após a constatação do óbito da mãe, que estava na 38ª semana de gestação.

A mãe da menina, Iolanda Pimentel, 22, morreu em casa, após crise convulsiva. Quando equipe do Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu) chegou na casas já se deparou com a gestante morta, sentada em uma cadeira de fios.

A médica cirurgiã Luciana Abreu Horta, 36, então decidiu remover a gestante até o hospital mais próximo para tentar o parto. Mas ao perceber que não haveria tempo hábil, optou por fazer o parto emergencial na rua, dentro da ambulância, a caminho da Santa Casa de Misericórdia. Usando um bisturi fez a incisão e retirou a criança, no prazo limite estimado por ela de 15 minutos, após a morte da mãe.

Segundo a assessoria do hospital, a criança chegou com quadro estabilizado, mas mesmo assim grave, já que havia ficado sem oxigenação e foi reanimada pela equipe do Samu. A recém nascida ficou entubada e respirando com a ajuda de aparelhos, recebendo medicação vasoativa, com quadro de crises convulsivas. 


Autor:Silvana Ribas com Gazeta Digital


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<