Terca-Feira, 23 de Abril de 2019

Energisa confirma investimentos de R$ 475 milhões para Mato Grosso




COMPARTILHE

A Energisa Mato Grosso vai investir este ano R$ 474,6 milhões no estado. As prioridades de investimentos serão a inclusão do distrito de Paranorte (Juara) no Sistema Interligado Nacional e nas obras dos circuitos de Várzea Grande e Nobres, dando mais confiabilidade ao anel que atende à região próxima de Cuiabá. Hoje, a Energisa Mato Grosso tem pouco mais de 1,3 milhão de clientes e atende a 141 municípios, empregando 2,4 mil pessoas.

Os investimentos garantirão maior oferta de energia e um fornecimento cada vez mais confiável para a área de concessão da Energisa Mato Grosso, trazendo benefícios diretos ao estado. “Temos um compromisso com o desenvolvimento da região e com o bem-estar dos clientes. Os investimentos tendem a melhorar a confiabilidade do fornecimento de energia. Nosso objetivo é melhorar continuamente a qualidade dos serviços, contribuir cada vez mais para o crescimento da região e prover condições para o desenvolvimento sustentável de Mato Grosso”, ressalta Riberto José Barbanera, diretor-presidente da distribuidora.

No Araguaia, a distribuidora continua os investimentos para garantir confiabilidade do sistema e impulsionar o agronegócio. Lá, serão R$ 34 milhões além do que já está em andamento dos anos anteriores, que gira em torno de R$ 270 milhões. Na região de Rondonópolis serão investidos quase R$ 40 milhões, em Sinop, aproximadamente, R$ 57 milhões, na região de Cáceres, R$ 18 milhões e na região de Tangará da Serra, R$ 36 milhões. Os maiores investimentos, no entanto, estão na região Metropolitana, onde serão investidos R$ 95 milhões para complementar o anel que atende aos municípios da baixada cuiabana. Outros R$ 110 milhões serão investidos em projetos que atenderão a todo Mato Grosso.

O consumo de energia elétrica na região ao longo do ano passado foi de 7.940 GWh, redução de 1,2% em relação a 2015 (8.037 GWh). A classe residencial, que representa 33% do mercado total no estado, teve crescimento de 1,0% no consumo. Já a industrial, com participação de 22% no mercado local, registrou redução de 7,5%.

Os indicadores que medem a qualidade do fornecimento apresentaram melhorias ao longo do ano e a empresa foi a que mais avançou em 2016 entre as que possuem mais de 400 mil clientes, conforme ranking feito pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A empresa está entre as 10 melhores do país. O DEC (Duração Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) acumulado foi de 23,57 horas –redução de 22% em relação ao ano anterior – e o FEC (Frequência Equivalente de Interrupção por Unidade Consumidora) foi de 14,27 vezes, o que representa uma melhora de cerca de 41%. “Esse resultado é fruto de vultosos investimentos realizados pela Energisa nos últimos três anos, aliados a melhoria de processos de trabalho e um modelo de gestão que valoriza nossos colaboradores. Nosso objetivo é melhorar, cada vez mais, a qualidade dos serviços que oferecemos aos clientes”, completa Barbanera.

 


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<