Quarta-Feira, 05 de Agosto de 2020

Daltinho nega receber propina, diz que era do baixo clero e critica José Riva




COMPARTILHE

O deputado estadual Adalto de Freitas, o Daltinho (SD), reagiu com indignação após ser citado pelo ex-presidente da Assembleia, José Riva, como beneficiário de um esquema de distribuição de dinheiro no Parlamento.

Em entrevista ao RD News, ele garante que jamais se reuniu com o ex-deputado para tratar sobre recebimento de propina ou mensalinho. "Eu não vou permitir que o meu nome seja jogado na lata de lixo. Se o Riva está com o seu nome lá, que fique sozinho".

Daltinho pondera que sempre foi desobediente ao grupo que Riva e os ex-governadores Blairo Maggi e Silval Barbosa comandavam.

Segundo Daltinho, os deputados são beneficiados com verbas de gabinete e, na época de Riva, recebiam também suplementos para o custeio de outras despesas, contudo, registradas em papel. “Assinei calhamaços de papéis enviados por ele para justificar essas suplementações, pois, sempre realizava audiências públicas no Araguaia e precisava de cobrir as despesas. Agora, se ele comandava esse esquema, eu não participei”, se defende.

Daltinho garante ainda que nunca participou de nenhuma reunião do colegiado de líderes para receber propina, pois era considerado um deputado do baixo clero. “Além disso, me tornei opositor do governador Silval Barbosa, mesmo sendo do seu partido, ou seja, era visto como um rebelde. Riva terá que provar o que disse e me pagar uma dívida de R$ 1 milhão que me deve desde a campanha de governador”, reagiu.

O parlamentar fez pesadas críticas ao grupo de Riva, Blairo e Silval. Segundo ele, os três, como não são mato-grossenses de nascimento, aproveitaram das benesses do Estado para tirar proveito próprio e manchar nomes de pessoas que são daqui e que sempre quiseram o seu bem. “Infelizmente, essa turma do Sul não tem compromisso com Mato Grosso. Aproveitaram para dilapidar o patrimônio e jogar o seu nome na lama. Isso é o que acontece quando aventureiros chegam ao poder onde não nasceram”, pontuou.

Daltinho reconheceu que o ex-deputado Riva era uma pessoa bondosa e leal aos deputados no exercício da presidência ou na 1ª secretária da Assembleia. Ressalta que o ex-presidente atendia a todos sem distinção, porém, tinha um poder enorme - mandando em Mato Grosso nas gestões Dante de Oliveira (já falecido), Blairo Maggi (PP) e Silval Barbosa (PMDB).

Alencar

O ex-deputado e conselheiro aposentado do TCE, Alencar Soares Filho não foi encontrado pelo RD News para falar sobre as acusações de Riva. As ligações efetuadas ao seu celular caíram na caixa de mensagem. 

Daltinho e Alencar tiveram os nomes citados em depoimento do ex-deputado José Riva à Justiça na sexta (31), como beneficiários de um esquema de distribuição de dinheiro na Assembleia Legislativa, denominado de mensalinho. Além deles, outros parlamentares também foram denunciados por Riva.

 

 


Autor: Francis Amorim com RD News


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias