Terca-Feira, 23 de Abril de 2019

Produção nacional de grãos da safra 2016/17 atinge novo recorde




COMPARTILHE

A produção de grãos prevista para a safra 2016/17 atinge novo recorde e chega a 232 milhões de toneladas, com um aumento de 24,3% ou 45,4 milhões de toneladas frente as 186,6 milhões/t da safra passada.

A super safra se deve ao crescimento de área e as boas produtividades médias. A previsão é de ampliação de 3,5% na área total, podendo chegar a 60,4 milhões de hectares, incluídas as culturas de segunda e terceira safras.

A soja deve ter um crescimento de 18,4% na produção, devendo atingir 113 milhões/t, com ampliação de 1,8% na área plantada, que pode chegar a 33,9 milhões de hectares (ha). Já o milho total deve alcançar 92,8 milhões/t, 39,5% acima da safra 2015/16. A previsão é de 30,2 milhões/t para a primeira safra e de 62,7 milhões/t para a segunda. A área total de milho deve ser de 17,2 milhões/ha, o que representa uma ampliação de 8,3%. Milho e soja correspondem a quase 90% dos grãos produzidos no país.

A produção do feijão primeira safra deve alcançar 1,38 milhão/t, resultado 33,5% superior ao ciclo 2015/16. Já a segunda safra deve produzir 1,26 milhão/t, sendo 624 mil do grão cores, 219,1 mil do preto e 415,4 mil do feijão caupi. O feijão total teve atingir uma produção de 3,3 milhões/t, com área de 3,1 milhões/ha. No caso do algodão em pluma, o crescimento é de 15,5%, podendo chegar a 1,5 milhão/t, apesar da estimativa de redução de 1,6% na área cultivada.

 

INVERNO – As projeções para esses cultivos indicam queda de 7,8% na área de trigo. A previsão é de que seja plantado 1,95 milhão/ha, contra 2,1 milhões/ha na safra passada. Com isso, a produção deve chegar a 5,2 milhões/t, uma redução de 22,3% frente as 6,7 milhões/t de 2016. As outras culturas de inverno (aveia, canola, centeio, cevada e triticale) também sofrem perda na produção, mesmo com alguns aumentos de área, como no caso da aveia e da cevada.

 

 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<