Sábado, 17 de Agosto de 2019

Batalhão mais antigo da Polícia Militar de Mato Grosso completa 100 anos de existência




COMPARTILHE

O Batalhão mais antigo da Polícia Militar, 1º BPM, ou “Batalhão Queiroz”, completa 100 anos hoje. Sediado na Avenida XV de Novembro, no bairro do Porto, antes de instalar-se nesse endereço o 1º BPM funcionou em outros prédios, entre os quais da antiga imprensa oficial (Diário Oficial), na Praça Ipiranga, que atualmente sedia o Ganha Tempo.

Subdivido em quatro companhias (Centro, Lixeira, Beira Rio e Boa Esperança), o 1º Batalhão atende uma população estimada em 350 mil habitantes. Em 32 bairros o policiamento, preventivo e repressivo, está sob sua responsabilidade.

Portanto, além de constituir parte importante da história da Polícia Militar de Mato Grosso e da capital, o “Batalhão Queiroz” é uma unidade fundamental na Segurança Pública que boa parte dos cuiabanos.

O nome “Batalhão Queiroz” é uma homenagem ao policial Daniel Queiroz, um carioca nascido em 1891 que atuou por mais de 40 anos na Polícia Militar de Mato Grosso, inclusive no 1º BPM, aonde chegou ao posto de comandante.

Essa unidade policial foi criada em junho de 1917 por meio do Decreto governamental 08/1917, o mesmo documento que trouxe a reorganização e denominou a polícia local de “Força Pública”, dando origem ao Comando-Geral e dois batalhões, o 1º Batalhão, com sede em Cuiabá, e o 2º Batalhão, sediado em Campo Grande, hoje capital de Mato Grosso do Sul.

A comemoração do centenário começa com Ás 6hs, alvorada festiva sob o som da Banda da PMMT, segue com café da manhã típico cuiabano, exposição de armamento e viaturas, e segue com homenagens aos ex-comandantes e desfile cívico-militar.

No desfile, além de parte do efetivo do Batalhão, a PMMT estará representada por policiais de unidades especializadas como Cavalaria, Trânsito, Rotam, entre outras.

 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<