Terca-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Toneladas de drogas são apreendidas e um veículo oficial é recuperado na fronteira




COMPARTILHE

A atuação do Grupo Especial de Fronteira (Gefron) no último mês resultou na apreensão de 1,340 quilos de drogas na região de fronteira. Somados aos 822 quilos apresentados no quadrimestre, o saldo de apreensões alcança 2,162 quilos no fechamento do quinquemestre do ano. O valor elevou em 61% o quantitativo de um mês para o outro.

No último dia de maio (31.05), 368 quilos de entorpecentes e um fuzil AK-47 foram apreendidos na região de Cáceres durante uma operação integrada entre o Gefron e a Polícia Federal. Mais de quinze pessoas trafegavam pela mata no município de Porto Esperidião (325 km de Cuiabá) quando foram avistados pelos policiais. Os denominados “mulas”, (pessoa usada por traficantes para transportar a droga por regiões de fronteira) ao serem abordados pela guarnição, evadiram do local deixando as centenas de tabletes pelo caminho. A droga vinha da Bolívia para o Brasil.

O saldo positivo, segundo o comandante da unidade, coronel PM Jonildo de Assis, mostra mais uma vez o efeito positivo da união das forças no enfretamento à criminalidade.

“Era uma atividade integrada com a PF, e esse resultado mostra mais uma vez a força da integração principalmente na região de fronteira.  Com essas parcerias temos alcançado bons resultados a cada dia”, destacou Assis.

Ainda sobre os resultados, no mês de maio, 16 munições foram apreendidas, 3 veículos foram recuperados e 12 apreendidos por envolvimento em atividade criminosa.

Um dos veículos recuperados foi da Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer) do município de Araputanga (345 km da Capital). Após denúncia anônima, o carro foi recuperado em uma residência no município de Porto Esperidião. Além do veículo oficial, no local, outros dois carros e equipamentos eletrônicos foram encontrados durante a revista. A proprietário do imóvel e outros quatro suspeitos foram encaminhados para a delegacia de Cáceres junto ao material apreendido.

Para Assis, resultados como estes destacam a importância da atuação do grupamento na região de fronteira do Estado atuando no enfrentamento e na prevenção ao crime.

“São mais de 900 quilômetro de fronteira seca e alagada que temos em Mato Grosso. Nossas ações são voltadas ao enfrentamento da criminalidade, mas nossos resultados contribuem para a prevenção de outras práticas criminosas. Tiramos de “circulação” e evitando adentrar em nosso Estado produtos ilícitos que aliciam para práticas criminosas”, explicou o coronel. 

A satisfação com os resultados obtidos no último mês é direcionada à tropa, “sempre comprometida e dedicada às atividades”, finalizou o comandante.

 


Autor:AMZ Noticias com Dayanni Ida


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<