Terca-Feira, 07 de Abril de 2020

Revoltado, Fausto faz desabafo contra deciso do TSE no Domingo




COMPARTILHE

O apresentador Faustão não está nada contente com a situação política do país e fez questão de deixar isso claro durante um desabafo feito em seu programa deste domingo.

Enquanto conversava com alguns de seus convidados, o apresentador fez duras críticas ao Tribunal Superior Eleitoral, dois dias após o anúncio da absolvição da chapa Dilma-Temer, acusada de cometer irregularidades durante a campanha eleitoral de 2014.

"Numa situação desse país tão difícil... numa situação do país, que é o único no mundo que tem Justiça Eleitoral, gasta-se R$ 5 milhões por dia com ela e você vê o que está acontecendo", disse Fausto, visivelmente inconformado.

Convidado da atração, o cantor e padre Fábio de Mello entrou na discussão e endossou o discurso do apresentador, chamando a decisão do TSE de “vergonha”: "Aqueles que até então estavam divididos, ficaram todos indignados por uma mesma causa. Somos um país que nem sempre pode contar com a Justiça que tem, o que é lamentável. E nós precisamos mudar isso em nossa atitude", disse o sacerdote.

Mais exaltado, o cantor Diogo Nogueira que também participava do programa, não mediu palavras para criticar os políticos do país: “na verdade esses caras são um bando de otários”, disse o sambista antes do apresentador tomar novamente a palavra:

"É por isso que o Brasil tem que tirar os vários otários da frente (...) E fica a lição para uma próxima eleição. Não adianta a gente reclamar de quem está lá dentro, porque quem os elegeu fomos nós (...) país rachado só interessa a corruptos unidos", completou Faustão.

 


Autor:Redao AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notcia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<