Sexta-Feira, 06 de Dezembro de 2019

Operação da Policia Militar leva 311 pessoas para prisão em Mato Grosso




COMPARTILHE

A “Operação Ostensividade II”, deflagrada pela Polícia Militar nos 141 municípios do Estado, prendeu 311 pessoas. A ação começou na manhã de quinta-feira (22) e terminou neste sábado (24).

A Polícia Militar cumpriu dez mandados de prisão em aberto, 296 veículos foram apreendidos e 31 recuperados. Ao todo, 30 armas de fogo foram apreendidas, 1.702 infrações de trânsito aplicadas, 201 atendimentos do Corpo de Bombeiros Militar a estabelecimentos comerciais e 10 kg de drogas apreendidas.

Nos dois dias de operação, 22.718 pessoas foram abordadas e 588 ocorrências atendidas. No total, 1.430 policiais foram atuaram na operação com 546 viaturas.

O secretário de Estado de Segurança Pública, Rogers Jarbas, elogiou a ação e destacou a atuação da Polícia Militar no enfrentamento à criminalidade em Mato Grosso.

“Mais uma vez a Policia Militar de Mato Grosso realizou uma grande ação ostensiva, que além de abordar quase 23 mil pessoas, apreender dezenas de armas de fogo e drogas ilegais, ensejando na prisão de 311 criminosos, demonstrou aos mato-grossenses sua importância no sistema de segurança pública, seus valores como instituição e sua vontade de transformar mato grosso em um estado mais justo e melhor para se viver”, destacou.

Somente no primeiro semestre deste ano mais de 1.270 armas de fogo (revólveres, pistolas, entre outras) que estavam nas mãos de bandidos e pessoas não autorizadas a portá-las foram retiradas de circulação. Esse número representa um aumento de 41% em relação ao mesmo período do ano passado.

Operação Ostensividade

O planejamento estratégico da “Ostensividade II”, teve como base as informações de inteligência e as análises criminais desenvolvidas por cada um dos 15 comandos regionais sobre suas respectivas áreas de atuação. Foram desenvolvidas diversas modalidades na ação policial: barreiras, blitz, bloqueios, saturação (que consiste em mobilizar o máximo de policiais em uma determinada área).

 


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<