Quarta-Feira, 27 de Maio de 2020

Onze dias aps ser enterrado por parentes, homem morto reaparece vivo




COMPARTILHE

A dor de enterrar um filho está entre os mais lancinantes dos sentimentos. No caso de um pai da Califórnia, o processo de luto foi interrompido 11 dias depois quando o “morto” fez uma ligação para avisar que estava vivo.

No dia 6 de maio, a polícia encontrou um corpo atrás de uma loja na cidade de Fountain Valley. Foi então que Frank J. Kerrigan, 82 anos, foi avisado pelos policiais que aquele era seu filho, Frank M. Kerrigan, 57, que vivia nas ruas, tinha um quadro de doença mental e estava sem entrar em contato com a família há algum tempo.

Quando o pai solicitou aos agentes para fazer a identificação do corpo, foi avisado por uma mulher — aparentemente, de forma errônea — que isso havia sido feito por meio das impressões digitais do cadáver.

“Quando alguém me diz que meu filho está morto, quando eles têm impressões digitais, eu acredito”, disse Kerrigan ao The Guardian. “Se ele não tivesse sido identificado pelas impressões digitais, eu estaria lá em segundos”.

Velório

Além de lidar com as dores que envolvem a morte de um ente querido, a família Kerrigan ainda gastou US$ 20 mil para realizar um funeral ao qual compareceram 50 pessoas. Onze dias após isso, um amigo do pai ligou para ele, avisando: “seu filho está vivo.”

O amigo colocou Frank M. Kerrigan na linha e ele falou: “Oi, pai”. Os policiais confirmaram que houve um erro na hora de identificar o corpo. O advogado da família, Doug Easton, afirma que, ao não conseguirem realizar o reconhecimento pelas digitais, a polícia se valeu de uma foto antiga da carteira de motorista de Frank M. Kerrigan e determinou que o cadáver era dele.

Ao serem informados que o homem estava vivo, os agentes fizeram uma nova análise, que atestou que o morto era outra pessoa. Um porta-voz da polícia se recusou a dar mais detalhes sobre o caso, afirmando que tudo está sendo investigado.

Por ser sido dado como morto, o filho de Frank J. Kerrigan perdeu o direito de receber ajuda financeira governamental relativa aos seus problemas de saúde. O homem voltou a viver com a família, mas não consegue entender o que aconteceu.

“Nós vivemos o nosso pior medo”, disse Carole Meikle, irmã de  Frank M. Kerrigan . “Ele estava morto na calçada. Nós o enterramos. Esses sentimentos não desaparecem “.

 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários:

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 222
O Jornal da Notcia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias


Notice: Undefined variable: rsDestaque1 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 346

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 346

Notice: Undefined variable: rsDestaque2 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 348

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 348

Notice: Undefined variable: rsUltimas1 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 350

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 350

Notice: Undefined variable: rsUltimas2 in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 352

Warning: mysql_free_result() expects parameter 1 to be resource, null given in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 352