Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

PTB não apoia Brito nem Maluf em Cuiabá, Partido lança chapa independente de vereadores




COMPARTILHE

O presidente do diretório municipal do PTB, Dilemário Alencar, disse ao MidiaNews neste domingo (24), que o partido optou por não apoiar nenhum candidato na corrida pelo Palácio Alencastro. Após uma reunião realizada nesta manhã, o diretório municipal decidiu que a prioridade do partido é criar uma chapa independente de vereadores.

Os pré-candidatos Carlos Brito (PSD), e Guilherme Maluf (PSDB), vinham disputando o apoio da legenda, que tem como principal líder o prefeito Chico Galindo. Segundo Dilemário, eles decidiram colocar um fim às brigas internas. A decisão será homologada na convenção do partido, que será na próxima quarta-feira (27).

“A chapa independente significa que não vamos apoiar nem Guilherme Maluf, nem Carlos Brito. Depois de vários debates, optamos por concentrar todos os esforços em eleger os vereadores. Essa proposta de chapa independente foi a que unificou todas as tendências”, disse o presidente. Participaram do encontro o prefeito Chico Galindo, a executiva municipal, os vereadores e os 37 pré-candidatos à Câmara Municipal.

Na reunião, o partido também optou por abandonar o projeto de lançar uma chapa pura de vereadores. A intenção, agora, é buscar partidos para coligarem com o PTB na busca por vagas na Câmara.

"Vamos bucar mais dois ou três partidos para coligarem conosco nas proporcionais. Se conseguirmos fechar essa coligação, nossa meta será eleger oito vereadores. Se não conseguirmos coligar, e lançarmos chapa pura, queremos eleger seis parlamentares", informou o presidente.

No entanto, Dilemário ressaltou que a ata da convenção ficará em aberto, porque o partido não descartou por completo a possibilidade de ainda lançar uma candidatura própria. Após a desistência de Galindo de entrar na corrida eleitoral, a sigla estava inclinada a apoiar algum candidato em troca da indicação do candidato a vice-prefeito.

“Como a ata ficará em aberto, até o dia 30 podemos lançar um projeto de candidatura própria. Acho improvável, devido ao pouco tempo que temos. Mas se conseguirmos viabilizar isso, teremos como candidato o vice-presidente da CDL [Câmara de Dirigentes Lojistas] Célio Fernandes ou o Carlos Haddad [Tuba]”, explicou.

Rompimentos

Brito e Maluf aguardavam a definição do PTB sobre qual dos dois seria apoiado pelo partido. Mas como o anúncio demorou, na última semana disseram ao site que não acreditavam mais no apoio da legenda. Leia AQUI e AQUI sobre as declarações dos dois proponentes.

Na tentativa de minimizar o mal-estar, Dilemário explicou que existem segmentos no PTB que desejam uma aliança na majoritária com Brito, outra com Maluf. Contudo, há os que lutam por uma candidatura própria e ainda uma ala que acredita que o melhor é montar uma chapa de vereadores independente, sem apoiar nenhuma outra agremiação.

“O PTB está numa fase de discussões e o prefeito Chico Galindo conversou com todos do partido. Não há a mínima possibilidade de entrarmos na eleição com rachas internos. O prefeito é contra o caciquismos e entraremos num acordo”, disse Dilemário.

Maluf já vinha tentando uma aliança com o PTB há mais tempo. Galindo chegou a declarar diversas vezes que a legenda marcharia com os tucanos, assim como foi feito no último pleito, quando Wilson Santos (PSDB) elegeu-se tendo Galindo como vice, em 2008.

Contudo, recentemente, o PSD, que tem como líder o deputado José Riva, decidiu lançar a candidatura do ex-secretário de Comunicação da Prefeitura, Carlos Brito, que também pediu o apoio dos petebistas.

Esse teria sido o estopim da crise entre tucanos e petebistas. Maluf também tentou firmar uma aliança com o DEM, cujo pré-candidato é Roberto França. Sem sucesso, o deputado disse que entrará no pleito mesmo que tenha poucos apoiadores.

Brito, no entanto, anunciou na última sexta-feira (22), que fechou uma aliança com os nanicos PSC, PRTB e PSDC. Ele ainda frisou que terá mais apoios, o que, segundo ele, já lhe garantiu quase 6 minutos de exposição na televisão.


Autor:Mídia News


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<