Sexta-Feira, 10 de Abril de 2020

Mulheres maduras buscam cada vez mais o implante de fios na região íntima




COMPARTILHE

Após o desejo de livrarem-se completamente dos pelos, além do interesse por depilações definitivas, algumas mulheres optam por quebrar esses padrões e começam a investir em procedimentos alternativos como o implante de pelo pubiano. Uma pesquisa realizada pelo International Society Of Hair Restoration Surgery (ISHRS) aponta um aumento mundial (62%) do interesse por implantes de pelos na região íntima.

O médico especialista em implante capilar, Dr. Thiago Bianco, considera que o implante de pelos pubianos pode conquistar até mesmo as brasileiras. “No período pós-menopausa é comum a perda de pelos na região íntima, inclusive o surgimento de fios brancos, o que é bastante incômodo para algumas mulheres”, comenta o médico. Recentemente, uma empresária concedeu uma entrevista exclusiva ao portal UOL falando sobre o que a levou a realizar o implante de pelo pubiano e a satisfação com os resultados.

“Nunca gostei de me depilar totalmente. Aos 43 anos eu tinha pelo pubiano branco e, por volta dos 48 anos, começaram a cair e a região ficar bastante rala. Isso afetou a minha autoestima e me sentia desconfortável até mesmo para manter relações sexuais com o meu marido”, relata.

Em alguns países como a Itália, ter pelos na região íntima é sinônimo de juventude. Segundo Bianco, a remoção de pelos é predominante, sobretudo por questões culturais, mas isso não é uma regra para todas mulheres. “Hoje existe a liberdade de livrar-se de determinados padrões. Mulheres que fizeram a depilação a laser e se arrependeram, também podem optar pelo implante pubiano”, acrescenta.  

O procedimento é simples e semelhante ao implante capilar. Os pelos sãos removidos em unidades foliculares de áreas doadoras, como a região da nuca. “A paciente recebe anestesia local e alta no mesmo dia”, conclui o especialista.

 


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<