Sexta-Feira, 23 de Agosto de 2019

Polícia prende homem acusado de atropelar e matar travesti em Várzea Grande




COMPARTILHE

A Polícia Civil prendeu, na tarde desta terça-feira (3), um homem de 28 anos acusado de atropelar e matar a travesti Natália Pimentel, em Várzea Grande.

O crime ocorreu no dia 24 de julho, na região do Zero Quilômetro, no Bairro Jardim Potiguar. O mandado de prisão temporária foi cumprido por uma equipe da Delegacia de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP).

De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Civil, T.M. foi preso em sua casa, no bairro Osmar Cabral, mais de dois meses depois do crime. Ele foi reconhecido por duas testemunhas que presenciaram o atropelamento.

O acusado foi encaminhado para a DHPP, no bairro Porto e, será ouvido ainda hoje. Ele já havia sido ouvido pela polícia na época dos fatos e, na oportunidade, negou o crime. De lá, o acusado será levado para a Penitenciária Central do Estado (PCE).

O caso

Na ocasião, a vítima e outra travesti estavam na rua, à espera de clientes para programa sexual, quando foram abordadas por um homem, que estava em um veículo Volkswagem Gol, prata, por volta das 7h30.

A travesti não aceitou a proposta de programa e saiu do local, seguindo para outra esquina, com sua colega. Neste momento, o homem acelerou o carro e atropelou intencionalmente a vítima e, em seguida, fugiu.  

As imagens do circuito de monitoramento de um estabelecimento comercial registraram o momento do fato.   

A travesti chegou a ser socorrida por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), mas não resistiu aos ferimentos e teve a morte cerebral decretada pelos médicos, após dois dias internada no Pronto-Socorro de Várzea Grande.

 


Autor:AMZ Noticias com Midia News


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<