Sábado, 07 de Dezembro de 2019

Mauro Mendes se torna alvo de vários partidos para as eleições de 2018




COMPARTILHE

O ex-prefeito de Cuiabá Mauro Mendes, sem partido, se tornou a “noiva da vez”, sendo disputado por diversas agremiações partidárias com vistas na eleição majoritária de 2018.

O empresário se desfiliou recentemente do Partido Socialista Brasileiro (PSB) e está sendo cortejado pelo Democratas (DEM) e pelo Partido da República (PR). Ambos acreditam no potencial de Mendes para a disputa rumo ao Governo do Estado. Ele, inclusive, é considerado um dos nomes mais fortes para a disputa ao Palácio Paiaguás no ano que vem.

Assim que deixou o PSB parecia estar tudo certo a sua ida para DEM, juntamente com os demais dissidentes socialistas. No decorrer do processo, entretanto, Mendes recuou e disse que ainda não definiu qual caminho irá seguir.

No entanto, ambos os partidos estão “preparando a casa” para recebê-lo visando o pleito do ano que vem. Enquanto os Democratas prepara a dissolução de todos os seus diretórios municipais e também do diretório regional, o PR ofereceu a ele a presidência da Executiva Estadual.

Mauro Mendes deixou a prefeitura de Cuiabá no final do ano passado, quando encerrou o seu mandato de prefeito. Por motivos pessoais, o empresário optou por não ir à reeleição.

A sua gestão a frente do Palácio Alencastro, entretanto, sempre foi bem avaliada perante a população, o que fez com que ele passasse a ser cobiçado para o pleito do ano que vem.

A sua intenção era permanecer no PSB. Contudo, uma desavença com a direção nacional fez com que ele e demais lideranças do partido deixasse a legenda para buscar novos rumos.

Empresário bem conceituado, Mendes entrou para a vida pública em 2008, quando disputou a eleição para prefeito da Capital pela primeira vez. Na ocasião, ele foi derrotado no segundo turno pelo então candidato à reeleição Wilson Santos (PSDB).

Dois anos depois ele voltou a disputar nova eleição, desta vez para o Governo do Estado, mas sem sucesso novamente. Ele conseguiu ser eleito prefeito de Cuiabá em 2012 em cima do ex-vereador Lúdio Cabral (PT).

Para o ano que vem, Mendes é considerado um forte concorrente do atual governador Pedro Taques apesar de ser aliado do tucano. A possibilidade de ele vir a disputar a eleição para o Governo do Estado, inclusive, já chama a atenção dos oposicionistas da atual gestão como é o caso do PDT, do deputado estadual Zeca Viana.

 


Autor:Kamila Arruda com Diario de Cuiaba


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<