Sexta-Feira, 03 de Dezembro de 2021

Adalto de Freitas lembra luta para implantar Ferrovia de Integração do Centro Oeste




COMPARTILHE

O deputado Adalto de Freitas (SD) participou na última semana (16) de mais uma audiência pública, dessa vez o tema em pauta foi dar seqüência aos projetos em prol da Ferrovia de Integração do Centro-Oeste (Fico). Para o parlamentar, a ferrovia é extremamente importante para Mato Groso, especialmente para todo o médio norte do Araguaia, Xingú e região, que contam com grande concentração de plantação de grãos, numa crescente acelerada.

O deputado lembra que essa luta foi iniciada em 2010, aproveitando a ideia da primeira ferrovia Leste/Oeste, em uma audiência em fevereiro de 2010, em Lucas do Rio Verde, onde se debatia a ligação de Mato Grosso ao Pará, com a ferrovia saindo de Campinorte (GO) passando por Água Boa e chegando a Lucas do Rio Verde, ambos em Mato Grosso. 

Ele ressalta ainda que no ano de 2010 visitou o então governador do Pará, Simão Jatene, e sugeriu a construção de outra ferrovia batizada por ele como Femapar, ferrovia Mato Grosso/Pará, ligando Água Boa a Santana do Araguaia seguindo até Belém do Pará margeando o rio. A mesma sugestão foi dada também ao governo de Mato Grosso à época.  O parlamentar lembra que o governador Jatene se interessou e deu andamento ao assunto por entender a importância e necessidade dessa ferrovia, e hoje já se encontra em processo adiantado a construção da ferrovia ligando Belém do Pará a Santana do Araguaia.

 Após visita do governador Pedro Taques (PSDB) a China, onde este assunto foi debatido e despertoudo o interesse dos chineses para este investimento, o assunto voltou à tona. "Iniciamos essa luta ainda no segundo governo do hoje ministro da Agricultura, senador Blairo Maggi. Na época, expusemos nossa ideia de estender a ferrovia saindo de Água Boa, passando por Santana do Araguaia, chegando a Belém do Pará, inclusive naquela ocasião falamos pessoalmente com a ministra Dilma Roussef e visitamos o governador Jatene, do Estado do Pará," ressalta. 

Adalto de Freitas disse que está muito feliz e empenhado em ver seu sonho sendo sonhado por muito mais pessoas investidas em cargos públicos com total condição de viabilizar esse projeto essencial para o desenvolvimento de Mato Grosso. "Sempre acreditei e acredito na construção dessa ferrovia, que fortalece a integração da região Centro-Oeste. Vejo o interesse do nosso governo, de empresários tanto do nosso país, como de outros países, e vejo mais perto a possibilidade de avançarmos fazendo com que tudo isso saia do papel", afirmou, ao acrescentar que a disposição para colaborar, ajudar na viabilização desse projeto, na materialização desse sonho, é seu compromisso.


Autor: Redação AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias