Sexta-Feira, 10 de Abril de 2020

TCE recomenda reprovação de contas de 25 prefeituras, 09 delas no Araguaia




COMPARTILHE

O Tribunal de Contas do Estado emitiu parecer prévio pela reprovação das contas de governo de 25 municípios. A análise realizada durante o ano passado foi referente ao exercício 2016 e serão encaminhadas para análise das câmaras municipais, responsáveis pelo julgamento final. Os gestores com contas reprovadas podem ficar inelegíveis caso os vereadores acatem o parecer.

Mesmo em um ano conturbado com o afastamento de cinco conselheiros e a ascensão dos substitutos, o órgão conseguiu analisar os dados de gestão de 136 prefeitos. Outras cinco prefeituras não tiveram contas analisadas por algum tipo de pendência ainda a serem sanadas.

No comparativo com o último julgamento, o número de pareceres contrários se manteve. Em 2016, quando o Pleno analisou as contas públicas referentes a 2015, foram 26 prefeituras contestadas. Já em 2015 (contas de 2014), o número foi de apenas seis.

Na região do Araguaia 9 municípios tiveram as suas contas com parecer contrário à aprovação sendo elas, Araguainha, Bom Jesus do Araguaia, Canabrava do Norte, Confresa, Gaúcha do Norte, Pontal do Araguaia, Porto Alegre do Norte, Ribeirão Cascalheira e São Félix do Araguaia.

No estado as demais gestões com pareceres pela reprovação das contas foram as de Comodoro, Itanhanga, Juara, Juruena, Juscimeira, Peixoto de Azevedo, Planalto da Serra, Poconé, Pontes e Lacerda, Porto Esperidião, Poxoréu, Reserva do Cabaçal, Rosário Oeste e Vale de São Domingos.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<