Sábado, 21 de Setembro de 2019

Fávaro entrega cargos e comunica Pedro Taques sobre independência do PSD




COMPARTILHE

O Partido Social Democrático (PSD) desembarcou oficialmente do Governo do Estado. A legenda entregou ontem, segunda-feira (02), todos os cargos que possui junto a Administração Estadual. A medida visa ratificar a postura de independência da sigla perante as articulações referente a eleição de outubro deste ano.

O comunicado foi feito por meio de um ofício, assinado pelo presidente regional do partido, vice-governador Carlos Fávaro. No documento, a sigla reforça que a decisão foi tomada por todos os membros do partido em reunião realizada no último dia 21, e ratificada durante um encontro com a bancada de deputados estaduais do PSD, ocorrido no dia 20 do mês passado.

Antes do almoço, Fávaro e Pedro Taques tiveram um encontro breve no gabinete do governador, no Palácio Paiaguás. Segundo o vice governador, o encontro foi “rápido” e “tranquilo”.

“Para melhor viabilizar a candidatura ao Senado, como as candidaturas proporcionais de deputado estadual e federal, o PSD adotará, a partir de agora, uma postura independente ao Governo Estadual para que possa conversar com todos os partidos e definir o melhor para Mato Grosso”, diz trecho do ofício.

“O PSD informa ainda que está disponibilizando todos os cargos que o partido possui no Governo do Estado, em compatibilidade a postura de independência”, reforça o documento.

O ofício, entretanto, reforça que os deputados estaduais da legenda continuam na base do Governo, a fim de “manter a coerência e os compromissos assumidos com essa gestão. “Os cargos disponibilizados aos deputados são de responsabilidade deles”, frisa a direção do partido no ofício.

A sigla garante a permanência dos parlamentares na legenda e a unidade do grupo em torno do pleito deste ano. Os deputados, inclusive, já afirmaram que irão continuar defendendo a aliança do PSD com Taques.

“Os deputados reafirmam também a permanência no PSD, confirmando a unidade partidária que conseguimos atingir ao longo da construção deste partido, que é um dos maiores de Mato Grosso”, finaliza.

O principal cargo ocupado pela legenda no Governo do Estado é a Secretaria de Ciências e Tecnologia, sob comando do ex-vereador Domingos Sávio.

O partido ainda responde pela presidência da Empresa Mato-grossense de Pesquisa e Extensão Rural (Empaer) com Layr Motta, e a Agência Estadual de Regulação dos Serviços Públicos Delegados (Ager), que tem a frente Eduardo Moura. Até ontem, apenas Eduardo Moura, da Ager, havia confirmado a sua saída.


Autor:AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<