Quinta-Feira, 19 de Setembro de 2019

Selma Arruda disputará o Senado para fazer o que não conseguiu como juíza




COMPARTILHE

A juíza aposentada Selma Arruda se filiou na tarde desta quinta-feira (5) ao Partido Social Liberal (PSL) e vai concorrer ao Senado nas eleições deste ano. Segundo ela, a decisão de se candidatar ocorre em razão de “não sentir o benefício social prático” no trabalho que exercia na magistratura - algo que pretende mudar se assumir um mandato no Congresso Nacional.

“Eu não consegui, agindo da forma que a lei determina, fazer justiça. Pois as imposições da lei me amarravam. Foi este motivo que me levou a pensar: chega de achar que as coisas são assim mesmo”, disse ela, durante entrevista coletiva após sua filiação.

A magistrada informou ainda que a pré-candidatura foi uma oportunidade que apareceu tão logo ela demonstrou interesse em se aposentar da magistratura – e que houve muitas ofertas de partidos interessados em sua filiação. “Foi um cavalo encilhado que passou na minha frente e eu pensei: ou você sobe, aceita o desafio, ou se aposenta e vai viajar”, disse.

Já a escolha pelo PSL, segundo Selma, se deu em razão da ideologia do partido, como o conservadorismo com relação aos valores moral, familiares e éticos, bem como o liberalismo econômico e a aplicação “em sua plenitude” do Estado Democrático de Direito – atributos considerados pela ex-magistrada como “primordiais” na sua escolha.

“Resolvi o PSL não apenas, com todo respeito aos outros, pelos ideais, mas pelas pessoas que o compõe. Acredito que o deputado Bolsonaro tem condições de chegar à Presidência da República e acredito nos companheiros que estão militando como pré-candidatos”, afirmou.

“O liberalismo coaduna com o combate à corrupção, porque quando você tem um Estado enxuto e as necessidades básicas são geridas pela própria sociedade e não pelo Estado, diminui a possibilidade da ocorrência da corrupção. Quanto maior o Estado, mais bagunçado e corrupto”, completou.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<