Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

Baiano Filho debate na cidade de Sinop criação da Universidade do Norte de Mato Grosso




COMPARTILHE
A criação da Universidade Estadual do Norte de Mato Grosso com a descentralização da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat/Sinop) da sede em Cáceres, foi debatida nesta sexta-feira (30), em audiência pública na Câmara Municipal. Autoridades e acadêmicos de toda região participaram do evento.
A vereadora Leozenir Severo (PSD), autora do requerimento, explicou que uma das principais vantagens com o campus independente da sede, seria a autonomia administrativa. O campus de Sinop hoje é pólo para toda região, só que é administrado por Cáceres, que está a 700km de distância, o que acaba engessando as decisões.
“Sei que a nossa missão é árdua, mas com a união de todos, dos nossos parlamentares da Assembleia Legislativa, governo estadual, vereadores, prefeito vamos conquistar este grande sonho; mostramos nesta audiência que realmente a população e a comunidade acadêmica, querem a criação da universidade, por isso vamos lutar com todas as nossas forças, unidos para que esta universidade do norte se concretize”, destacou a vereadora Leozenir.
O deputado Baiano Filho elogiou a atitude da vereadora Leozenir em propor a audiência, mas salientou que é preciso uma grande mobilização de todos, Unemat, prefeitura, vereadores, deputados e governo, porque ao contrário, pode não sair do papel.
“Sabemos que este projeto não é uma unanimidade na assembleia, mas temos por exemplo, o deputado Riva e outros companheiros que vão comprar esta “briga” para a criação da instituição, acredito que tem que analisar com muito carinho, enviar o projeto à Assembléia Legislativa, essa audiência é apenas o primeiro passo e com certeza vamos ainda fazer outros debates como este para que num futuro muito próximo a Unemat possa realmente ser desmembrada, já que vários municípios da região norte serão beneficiados; infelizmente não tivemos aqui a presença do Reitor Adriano em um debate tão importante como este, não sei o motivo da sua ausência, já que a Unemat de Sinop é a mais importante do estado, com todo respeito a sede mãe que é em Cáceres, o que não queremos é que esta chama de criar a universidade do norte não se apague, queremos também que a distribuição do orçamento anual seja mais justa, principalmente para a cidade de Sinop que tem inúmeros problemas em sua estrutura. Não da mais para ficar só na conversa e promessa, é preciso mais ação da direção da Unemat estadual”, ponderou Baiano Filho.
Participaram também da audiência, o presidente da câmara Municipal de Sinop, Remidio Kunz, vereadores Fernando Assunção, Carlão Coca Cola, diretor do campus da Unemat de Sinop, Rodrigo Zanini.
Atualmente oito cursos são oferecidos na Unemat de Sinop, que tem aproximadamente 2 mil alunos: Administração, Letras, Matemática, Pedagogia, Ciências Contábeis, Ciências Econômicas, Engenharia Civil e Engenharia Elétrica. No próximo ano, será implantada uma turma especial para Ciências da Computação, no entanto, a administração desse curso será do campus de Colíder.


Autor:Naiara Martins


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<