Quarta-Feira, 12 de Agosto de 2020

Polícia Civil esclarece homicídio ocorrido há um ano na cidade de São Félix do Araguaia




COMPARTILHE

A Polícia Judiciária Civil concluiu neste mês o Inquérito Policial referente ao homicídio que vitimou Jonas dos Prazeres Dias, vulgo Jonas Paraense, ocorrido há um ano na cidade de São Félix do Araguaia. A vítima possuía uma lista extensa de crimes cometidos na região, dificultando o esclarecimento dos fatos que resultaram em sua morte.

O homicídio com requintes de crueldade, ocorreu na data de 24 de setembro de 2017 na estrada que dá acesso para a cidade de Novo Santo Antônio, conhecida por aterrinho. A vítima foi encontrada às margens da estrada de terra, apenas com roupa íntima, com 13 perfurações ocasionadas por arma branca e arma de fogo, concentradas na região de face e tórax.

Após dezenas de oitivas e interrogatórios, bem como, por meio de outros métodos de investigação, a Delegacia de São Félix do Araguaia, por meio da equipe de policias civis e pela Dra Lizzia Ferraro Noya, esclareceu o crime que foi planejado e executado a sangue frio por três jovens residentes no município.

Pela participação na prática delituosa, foi cumprido mandado de prisão nesta segunda feira (17/12/2018) em desfavor de um dos executores, Naomã Silva Carmo Costa (21 anos). Os co-autores T. S. O. B. e L. F. R. P., ambos com 17 anos de idade à época dos fatos, responderão pelo crime em liberdade.

Durante as investigações, a Polícia Civil apurou que a vítima estaria acompanhada de um amigo no momento em que encontrou com os executores no local do fato, onde negociariam a aquisição de entorpecentes. Todavia, neste momento houve uma emboscada perpetrada pelos suspeitos. A vítima ainda tentou evadir-se do local, mas foi alcançada pelos meliantes que desferiram mais golpes de "faca", dispensando o corpo da vítima na mata. Os suspeitos ainda atearam fogo na mata com o intuito de ocultar as provas, o que atrasou a conclusão da investigação.


Autor: O Repórter do Araguaia com PJC


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias