Sexta-Feira, 22 de Novembro de 2019

Governo Silval, PR ficará com 05 secretarias, PSD e PMDB com 03, e PT e PP com 01 cada.




COMPARTILHE
Líder do Governo na Assembleia revela que anúncio oficial da reforma do secretariado deverá ser acontecer na próxima semana pelo governador Silval Barbosa.
A reforma administrativa do governo Silval Barbosa do (PMDB) “está quase toda definida e semana que vem o governador fecha tudo”. A informação é do líder do Executivo na Assembleia, Romoaldo Júnior (PMDB), que tem acompanhado de perto as articulações.
Esta semana o PR encaminhou a Silval uma relação com cinco indicações de secretarias e seus respectivos possíveis secretários. Quatro teriam sido aceitos de imediato. “Apenas a Sinfra (Setpu) o governador pediu que sugeríssemos mais dois nomes para ele escolher”, disse um republicano.
Para comandar a Secretaria de Transportes e Pavimentação Urbana (Septu), os republicanos indicaram o nome do ex-coordenador do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (Unit-MT), Sinésio de Oliveira, ligado ao deputado federal e presidente do PR, deputado federal Wellinton Fagundes.
Para a chefia da Casa Civil, o nome indicado foi o de Pedro Nadaf que, atualmente responde pela Secretaria de Indústria e Comércio e que deverá ser comandada pelo adjunto Valério Gouveia, também filiado ao PR. A pasta de Administração (SAD) deve continuar com César Zílio, que integra a Executiva da sigla republicana. Por fim, a Secretaria de Esportes do Estado vai ser comandada pelo prefeito interino e ex-vereador de Rondonópolis, Ananias Filho, indicado por Wellington Fagundes, respaldado pelos demais membros do partido e aceito pelo governador Silval.
Já quanto ao PSD, conforme o líder Romoaldo, faltam poucos ajustes para que o governador complete a reforma de staff. Já estariam definidos os nomes do vice-governador Chico Daltro para a Secretaria de Cidades, e do prefeito de Acorizal e presidente da AMM, Meraldo Sé, na Secretaria de Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar. O partido também ficará com a Secretaria de Cultura, e o nome mais cogitado é o de Janete Riva, esposa do presidente da Assembleia, José Riva.
“Até quinta que vem o governador já deverá ter arredondado tudo e em seguida anunciará a reforma completa”, arrematou o líder governista.
HiperNoticias apurou que o PMDB, por exemplo, perderá a Casa Civil, hoje comandada por José Lacerda, mas será contemplado com a Secretaria de Meio Ambiente (Sema). O nome peemedebista para o cargo ainda não foi definido.
Já o PP se manterá com a Secretaria de Saúde, mas trocará o atual secretário Vander Fernandes, que assumiu a pasta no lugar do deputado federal Pedro Henry, presidente da sigla, revolveu reassumir sua cadeira na Câmara Federal, no final de 2011. Entre os nomes progressistas cotados está o do deputado estadual Antonio Azambuja, que é médico pediatra.
O Partido dos Trabalhadores (PT) deve continuar com o comando da Secretaria de Educação (Seduc), . PPo maior orçamento do staff, mas deixará de ser verticalizada, ou seja, terá também em seus quadros nomes técnicos, não necessariamente ligados à legenda partidária.


Autor:Hipernoticias


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<