Quarta-Feira, 18 de Setembro de 2019

Diretório estadual do PT de Mato Grosso rejeita "vaquinha" para pagar multas dos mensaleiros




COMPARTILHE

O PT de Mato Grosso não vai contribuir com a “vaquinha” proposta pelo presidente nacional da sigla Rui Falcão com objetivo de pagar as multas impostas aos militantes condenados pelo STF por envolvimento no escândalo do Mensalão. O presidente estadual do PT William Sampaio afirma que nenhum filiado manifestou o desejo de contribuir.

   Sampaio também deixou claro que a arrecadação em beneficio de José Dirceu, João Paulo Cunha, José Genuíno e Delúbio Soares não passou pelas instâncias partidárias. “É preciso deixar claro que a vaquinha não é uma arrecadação partidária. São militantes que de forma individual e espontânea decidiram ajudar os companheiros condenados pelo Mensalão. Essa mobilização que está em andamento em outros Estados não chegou a Mato Grosso”, relata.

   As multas aplicadas pelo STF aos mensaleiros do PT somam cerca de R$ 1,83 milhão. Os valores impostos foram R$ 676 mil ao ex-ministro da Casa Civil José Dirceu e R$ 360 mil ao ex-presidente da Câmara João Paulo Cunha. O ex-presidente da sigla José Genoino de pagar R$ 468 mil. Já o ex-tesoureiro Delúbio Soares deve R$ 325 mil.


Autor:RDNews


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<