Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019

Mourão diz durante visita a Mato Grosso que Jair Bolsonaro vai botar ordem nos filhos




COMPARTILHE

O vice-presidente da República, general Hamilton Mourão, afirmou nesta sexta-feira (15), durante evento em uma fazenda, em Sorriso, a 420 km de Cuiabá, que acredita que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) vai 'botar ordem' nos filhos.

Isso aconteceu após o vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ), um dos filhos do presidente, dizer que o ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, mentiu sobre conversas com o pai dele no hospital.

Mourão, no entanto, negou crise no governo e declarou que acredita que Bolsonaro vai receber Bebianno para conversar sobre o caso. “Essas questões são internas. Os filhos são um problema de cada família. Tenho certeza que o presidente, em momento aprazado e correto, vai botar ordem na rapaziada dele”, afirmou o vice-presidente.

A publicação de Carlos foi compartilhada pelo presidente, horas depois. Bolsonaro também disse em entrevista que era "mentira" que tivesse falado com Bebianno sobre uma reportagem divulgada pela Folha de São Paulo, no último fim de semana, sobre um repasse de R$ 400 mil feito pelo PSL a uma candidata a deputada federal de Pernambuco que recebeu 274 votos, quatro dias antes da eleição. Segundo o jornal, o repasse foi feito no período em que Gustavo Bebianno era presidente do partido.

Reforma da Previdência - Sobre a Reforma da Previdência, Mourão disse que a expectativa é que a proposta seja encaminhada ao Congresso na próxima semana. Nessa quinta-feira (14), o secretário de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Rogério Marinho, divulgou que Bolsonaro definiu que a proposta do governo de reforma da Previdência Socialvai prever idade mínima de aposentadoria de 65 anos para homens e de 62 anos para mulheres ao final de um período de transição de 12 anos.

Ele também demonstrou otimismo sobre a recuperação de Bolsonaro, que passou 17 dias internado em razão de cirurgia para a retirada de bolsa de colostomia. “Vamos lembrar que o presidente sofreu um ataque ano passado. Ao longo desse período, ele veio numa situação de incerteza se ia sobreviver. Finalmente, ele terminou a última e agora ele é um homem recuperado e capacitado”, disse Mourão.

Reivindicações - A respeito das reivindicações feitas pelo governo do estado, Mourão afirmou que há previsão de melhorias na infraestrutura as estradas e investimentos na saúde. “A Ferrogrão é um dos projetos que está na linha de frente do Ministério da Infraestrutura. Nós temos que destravar o ambiente regulatório e há investidores, não só do Brasil, como do exterior, com o dinheiro para investir nessa rodovia", declarou.


Autor:AMZ Noticias com Aline Dessbesell


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<