Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019

Bebianno faz publicação em rede social com supostas indiretas ao presidente Bolsonaro




COMPARTILHE

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno, publicou um texto em sua conta do Instagram na madrugada deste sábado (16), em tom de desabafo.

Na mensagem, Bebianno, que estaria de saída do governo Bolsonaro, destaca o tema lealdade. No entanto, em nenhum momento, ele cita o nome do presidente Jair Bolsonaro, na postagem.

No texto publicado, Bebianno cita que “a lealdade constrói pontes indestrutíveis nas relações humanas”. Ainda segundo a publicação, "uma pessoa leal, sempre será leal. Já o desleal, coitado, viverá sempre esperando o mundo desabar na sua cabeça", escreveu o ministro.

Sem se referir a Bolsonaro, Bebianno escreveu que a lealdade "conduz os passos das pessoas que jamais irão se perder do caminho" durante turbulências. A publicação no instagram acontece em meio ao desgaste que o ministro vem enfrentando nos últimos dias. Ele sofreu denúncias relacionadas a supostas irregularidades em sua gestão à frente do caixa eleitoral do PSL, partido dele e de Bolsonaro, suspeito de liberar verbas para candidaturas laranjas quando Bebianno ainda era presidente do partido.

Bebbiano articulou a saída de Bolsonaro do Patriotas e sua candidatura a presidente pelo PSL. Segundo jornais, ele decidiu, após uma conversa com o presidente Jair Bolsonaro, deixar o governo, mesmo contra sua vontade. A previsão é de que a exoneração de Bebianno seja publicada no Diário Oficial da União já nesta na segunda-feira (18).


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<