Terca-Feira, 07 de Abril de 2020

Ex-arcebispo do Par, Dom Orani citado em esquema de corrupo no Rio de Janeiro




COMPARTILHE

A Justiça do Rio de Janeiro está passando um pente fino para tentar punir os corruptos envolvidos no poder público, e pode sobrar até mesmo para Dom Orani Tempesta, ex-acerbispo da arquidiocese de Belém.

Em depoimento nesta terça-feira (26), o ex-governador Sérgio Cabral, condenado e preso por vários crimes de corrupção, declarou que o esquema de desvio de recursos na saúde pública do Rio também envolvia religiosos, inclusive com o conhecimento de Orani.

O ex-governador do Rio citou os contratos do Estado com a Organização Social Pró-Saúde, administrada por padres da Igreja Católica. “Não tenho dúvida de que deve ter havido esquema de propina com a O.S. da Igreja Católica, da Pró-Saúde. O dom Orani devia ter interesse nisso, com todo respeito ao dom Orani, mas ele tinha interesse nisso”, declarou Cabral. 

Em nota, a Arquidiocese do Rio respondeu que a Igreja Católica e seu arcebispo “têm o único interesse [de] que organizações sociais cumpram seus objetivos, na forma da lei, em vista do bem comum”.


Autor:Redao AMZ Noticias


Comentários
O Jornal da Notcia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias

<