Domingo, 19 de Maio de 2019

Polícia realiza investigação que aponta fraudes de R$ 160 milhões na SEMA de Mato Grosso




COMPARTILHE

A Polícia Civil cumpriu 54 dos 128 mandados de prisão temporária contra pessoas suspeitas de envolvimento em uma fraude ambiental. O grupo é investigado pela Operação Terra à Vista, deflagrada na manhã da quarta-feira (13), dados apontam para fraudes de cerca de R$160 milhões no órgão. Parte dos alvos foi ouvida pela juíza Ana Cristina Mendes, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, na tarde de hoje.

Os mandados, expedidos pela juíza, são cumpridos em Cuiabá, Várzea Grande, Alta Floresta, Nova Monte Verde, Apiacás, Paranaíta, Nova Bandeirantes, Peixoto de Azevedo, Guarantã do Norte, Itaúba, Matupá, Marcelândia, Claúdia, Santa Carmem, Ipiranga do Norte , Feliz Natal, Sorriso, Sinop, Juara, Aripuanã, Porto dos Gaúchos, Castanheira e Arenápolis.

Além da prisão temporária, a magistrada determinou 12 mandados buscas e apreensão, que foram cumpridos em diversas cidades de Mato Grosso. Os alvos são representantes legais e operacionais, engenheiros florestais e ex-servidores da Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema).

A Operação Terra à Vista é oriunda de inquérito policial conduzido pela Delegacia Especializada do Meio Ambiente (Dema), com o objetivo de investigar um grupo acusado de atuar na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema), fraudando o Sistema de Comercialização e Transporte de Produtos Florestais (Sisflora).


Autor:AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<