Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019

Autoridades debatem a federalização dos hospitais regionais de Sinop e Rondonópolis




COMPARTILHE

Autoridades estão discutindo a possivel federalização de dois hospitais regionais de Mato Grosso. A possibilidade foi discutida entre o secretário de Estado de Saúde (Ses-MT), Gilberto Figueiredo, e a reitora da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), professora Myrian Serra.

O encontro teve como pauta a possível federalização das unidades regionais de Sinop (503 quilômetros, ao norte de Cuiabá) e Rondonópolis (210 quilômetros, ao sul da capital). O intuito é a habilitação de outros dois hospitais-escola no Estado.

Conforme a assessoria de imprensa da Ses, apesar de reconhecidas algumas adversidades, ambos os gestores visualizam o projeto como uma possibilidade de melhoria do serviço prestado à população mato-grossense.

“Acredito que essa seja uma questão extremamente convergente, que engloba a disposição da Secretaria de Estado e da UFMT. Por isso, juntamos forças e estipulamos a criação de um grupo de trabalho que terá a missão de levantar informações e dados referentes à viabilidade do projeto”, disse Figueiredo.

Os elementos a serem apurados pelo grupo de trabalho auxiliarão a defesa do projeto junto à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (EBSERH), responsável pela administração do Hospital Universitário Júlio Müller (HUJM), único hospital público federal do Estado ligado à UFMT.

“A comissão terá 90 dias para entregar os resultados da profunda avaliação. O grupo de trabalho ainda irá definir o que é necessário para operacionalização do projeto e qual é o sistema de gestão de cada hospital, mediante consultoria da equipe da EBSERH”, frisou a reitora.

O prazo para a realização do levantamento de informações é prorrogável por mais 90 dias, sendo a avaliação dos dados uma ferramenta essencial para a perfeita tomada de decisão. No encontro, também esteve presente o deputado estadual, delegado Claudinei, suplente da Comissão de Saúde e representante da Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Além de acompanhar a questão, que diz respeito à Saúde e à Educação do Estado, o parlamentar integrou a mesa com o intuito de levar a relevante discussão à Casa de Leis.


Autor:AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<