Terca-Feira, 22 de Outubro de 2019

Trabalhador foi a última vítima assassinada em 2012; Ano tem 362 homicídios e 18 latrocínios




COMPARTILHE

Um trabalhador foi a última vítima de assassinato de 2012 na Grande Cuiabá. Pedro Bulhões, de apenas 18 anos, teve a vida ceifada nas mãos de dois bandidos durante um assalto, latrocínio: roubo seguido de morte. Com isso, o ano fechou com 380 assassinatos, sendo de 362 homicídios e 18 latrocínios.

Pedro Bulhões, segundo o delegado João Bosco de Barros, da Delegacia de Homicídio e Proteção a Pessoa (DHPP), foi morto por volta das 22 horas desta segunda-feira (31), 0 último dias do ano de 2012.

O crime, segundo delegado Bosco, aconteceu no bairro Mapim, em Várzea Grande (Grande Cuiabá). Dois bandidos armados renderam Pedro, que mesmo sem reagir foi assassinados com dois tiros.

Os bandidos praticaram o assalto que se transformou em latrocínio para roubara morto de Pedro Bulhões. Só que, como não deu para levar a moto, os bandidos roubaram celular, dinheiro e outros objetos da vítima.

A Polícia Militar fez buscas pela região, mas não conseguiu pistas do assassino. O corpo de Pedro foi liberado pela equipe do delegado Bosco. O caso será transferido para a Delegacia de Repressão a Roubos e Furtos de Várzea Grande (DRRF-VG).


Autor:24HorasNews


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<