Segunda-Feira, 19 de Agosto de 2019

Unidade oncológica de Tucuruí encerra Março Lilás com blitz da saúde no transito local




COMPARTILHE

O encerramento da campanha “Março Lilás”, promovida pela Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr. Vítor Moutinho (Unacon), foi marcado por uma “Blitz da Saúde”. A programação contou com orientações e distribuição de material educativo sobre a importância da prevenção do câncer de colo de útero em pontos estratégicos da cidade de Tucuruí, nesta sexta-feira (29).

O agente da Companhia de Trânsito de Tucuruí e coordenador do Departamento de Educação do órgão, Francisco Amorim Frazão, ressalta que a parceria com a Unacon é muito importante, pois ajuda na conscientização das pessoas, na área da saúde e no trânsito. "Essa parceria conscientiza os condutores sobre segurança no trânsito e ainda consegue informar as pessoas quanto a importância de prevenir contra o câncer", disse o agente.

A mobilização, organizada em parceria com a Secretária de Estado de Saúde (Sespa), teve início no último dia 6. Palestras para os públicos interno e externo, além da musicoterapia, fizeram parte da programação, levando alegria e descontração aos pacientes atendidos na unidade. “A música proporciona momentos de emoção e felicidade tanto para os pacientes, quanto para nós, voluntários que realizamos a atividade”, disse o cantor Igor Nemo, que integrou a atividade.

No último dia 22, centenas de pessoas de Tucuruí e localidades vizinhas foram beneficiadas com dia “D” da campanha, realizada em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde. Foram coletados materiais de 155 papanicolau (preventivo), 150 testes rápidos para sífilis e HIV, e cerca de 40 novos cartões do SUS foram emitidos.

A dona de casa Maria Augusta foi uma das beneficiadas e saiu satisfeita com os resultados. “Fiquei sabendo dessa ação e resolvi atualizar os exames, e não poderia ser melhor, porque até agora todos os resultados deram negativos, sinal que a saúde está bem”, disse.

O médico e diretor técnico da unidade, Carlos Eduardo, ressalta a importância das campanhas para a conscientização da população, mas alerta que os cuidados e a prevenção não devem ocorrer somente nas campanhas, mas diariamente. “O  resultado de ações como esta, realmente, proporcionam um resultado positivo e o alcance da população é surpreendente, mas a prevenção deve ser um cuidado diário, respeitando os prazos indicados para a realização dos exames que identificam alguns tipos de câncer, como o preventivo, em relação ao câncer de colo uterino”, alerta o médico.

Ele destaca ainda que o câncer do colo de útero é uma doença grave e, se descoberta em estágio avançado, é difícil de tratar, por isso, a prevenção é tão importante e deve começar cedo, com a vacina contra o HPV.

Atendimentos – A Unidade de Alta Complexidade em Oncologia Dr. Vítor Moutinho- Unacon Tucuruí, aderiu à campanha “Março Lilás por todo o Pará”, que a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa) lançou para atuar no combate a principal causa de morte por câncer de mulheres no Pará.

Na Unacon, o câncer de colo uterino está entre os três tipos de cânceres mais frequentes entre a população da região e, assim como no Brasil, afeta as mulheres mais jovens. Atualmente, a unidade possui 100 pacientes cadastradas com câncer de colo de útero. O principal fator de risco é a infecção pelo Papiloma Vírus Humano (HPV).

A Unacon Tucuruí é uma unidade de saúde do Governo do Estado, administrada pelo Instituto Nacional de Desenvolvimento Social e Humano (INDSH), em parceria com a Secretaria de Estado de Saúde Pública (Sespa).


Autor:AMZ Noticias com Vera Rojas


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<