Sábado, 17 de Agosto de 2019

Fecomércio diz que escalonamento de salários do estado impacta vendas em Mato Grosso




COMPARTILHE

O escalonamento do salário dos servidores públicos de Mato Grosso reduziu com o poder de compra dos consumidores e impactou diretamente nas vendas do comércio. Dados divulgados pela Federação do Comércio de Mato Grosso (Fecomércio-MT) apontam que a intenção do consumo das famílias teve queda de 4,5% no mês de março. Nas famílias que recebem até 10 salários mínimos, a redução foi de 5,5% no mês. 

Desde 2018, o governo de Mato Grosso tem pago o salário dos servidores de forma escalonada. Mesmo com a troca de gestores, o escalonamento dos salários foi mantido. De acordo com o vice-presidente do Fecomércio, Manoel Procópio, o parcelamento dos salários interferiu no consumo dos mato-grossenses de forma direta e os consumidores estão mais cautelosos na hora de gastar.  

“As vendas estão começando a apresentar um leve movimento de alta, mas o consumidor ainda está precavido quanto aos gastos”. O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Cuiabá (CDL), Nelson Soares, destacou que as vendas da Páscoa serão o primeiro termômetro do setor para mostrou, ou não, a retomada no movimento. A princípio, o comércio mato-grossense prevê um crescimento tímido de 3% nas vendas dessa Páscoa. “Em outra situação, a estimativa de crescimento seria de 5% pra mais”, destaca Soares. 


Autor:AMZ Noticias com Diário de Cuiabá


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<