Segunda-Feira, 27 de Maio de 2019

Prefeitura de Cuiabá pede afastamento da diretoria da Santa Casa após sumiço de documentos




COMPARTILHE

A Prefeitura de Cuiabá ingressou com uma medida cautelar e um pedido de liminar para que a atual diretoria da Santa Casa seja afastada. O pedido tramita na Vara de Fazenda Pública da capital e foi feito após denúncias de sumiço de documentos que podem ser usados em investigações.

A unidade de saúde está fechada há cerca de três semanas por causa da crise financeira. A dívida da Santa Casa é estimada em R$ 100 milhões. Por meio de assessoria, a prefeitura afirmou que só deve se posicionar na próxima terça-feira (2).

O pedido foi feito com base em uma denúncia feita à Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) sobre o sumiço dos documentos. Em janeiro, o então presidente da instituição, o médico Antônio Preza, renunciou ao cargo por causa da grave crise financeira que o hospital passa.

Crise na Santa Casa  - Em fevereiro, uma auditoria realizada pela Controladoria Geral do Estado (CGE) apontou casos em que as empresas contratadas para prestarem serviços na unidade cobravam por consultas dentro do hospital. A fiscalização também apontou a aquisição superfaturada de um aparelho de ressonância magnética em dezembro de 2017, por R$ 2,5 milhões. O preço teria sido 114,65% acima do preço de mercado.


Autor:Tiago Terciotty com TVCA


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<