Quarta-Feira, 20 de Novembro de 2019

Laudo sobre a morte de esposa de agente do Detran em Parauapebas sai em 15 dias




COMPARTILHE

Deve sair em quinze dias o laudo da perícia realizada no local da morte de Dayse Dyana Sousa e Silva, de 35 anos, mulher de um agente de trânsito de Parauapebas, no sudeste do Pará. O crime aconteceu na manhã de domingo (31).

Segundo a polícia, ele teria empurrado a mulher do segundo andar da casa onde moravam. Ele chegou a comunicar o caso como suícídio, mas acabou preso em flagrante por suspeita de feminicídio.

A defesa de Diógenes Samaritano sustenta que a vítima teria se matado. Dayse havia conseguido na Justiça o direito a medidas protetivas por conta de agressões cometidas pelo marido, de quem estava se separando. O filho do casal, de 4 anos, foi encontrado com uma babá que também deve ser ouvida pela polícia. O corpo de Dayse Lemos foi enterrado na tarde de segunda-feira (1º), em Marabá. 


Autor:AMZ Noticias com G1


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<