Quarta-Feira, 22 de Maio de 2019

Alto índice de infestação do Aedes aegypti obriga Redenção a contratar novos agentes




COMPARTILHE

O município de Redenção, no sul do Estado, contratou novos agentes de endemias. O motivo é alto risco de infestação do mosquito Aedes aegypti. A temporada de chuvas na região, que iniciou em novembro, aumenta os riscos de contrair doenças transmitidas pelo inseto, como dengue, zika e chikungunya.

A diretora em Vigilância em Saúde de Redenção, Makeldes Borges, disse à nossa eportagem que os agentes de endemias vêm intensificando o trabalho rotineiro e realizando o já conhecido mutirão, a fim de tentar combater o mosquito transmissor.

Porém, foi necessária a contratação de novos agentes, pois o município encontra-se em alto risco. “Fizemos um novo levantamento e percebemos que o índice de infestação ainda continua alto em nosso município. E isso tem nos preocupado, pois existem 77 mil cadastros de domicilio. Nós recebemos a orientação para aumentar o número de agentes de endemias e contratamos recentemente, justamente para reforçar mais e oferecer maior apoio à população”.

Makeldes Borges ressaltou que o combate do mosquito da dengue não é atribuição somente da Secretaria da Saúde, mas de toda a população: “Pedimos que a população, de modo geral, nos ajude a fiscalizar, que mantenha os quintais sempre limpos, não deixe água parada em recipientes, pois a dengue mata”.

O mosquito transmissor da doença depende da água para se desenvolver, mas as pessoas podem se proteger mantendo limpos os quintais, evitando os recipientes que podem reter água de chuva e assim se transformar no ambiente ideal para a procriação do mosquito.


Autor:AMZ Noticias com Zé Dudu


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<