Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019

Concessionária confirma que água de Barra do Garças está dentro de parâmetros legais




COMPARTILHE

A empresa Águas de Barra do Garças enviou nota ao Semana7 confirmando que a qualidade da água do município está dentro dos parâmetros legais. O assunto veio à tona, após a publicação da pesquisa que aponta um coquetel de 27 substâncias provenientes de agrotóxicos presente na água distribuída na cidade. Segundo a concessionária do serviço de água e esgoto, o monitoramento é semestral, conforme resoluções do Conama.

A Águas de Barra do Garças destaca que “até o momento, não foram encontrados parâmetros desconformes com a legislação.” Na pesquisa realizada com base em dados do Ministério da Saúde, foi detectado um coquetel de agrotóxicos presente no abastecimento de água em 1.396 municípios do Brasil. Os dados foram retirados do período de 2014 até 2017.

Das 27 substâncias detectadas, onze são proibidas no país. Dessas 27, dezesseis são classificadas pela Anvisa como extremamente ou altamente tóxicos e onze estão associados ao desenvolvimento de doenças crônicas, como câncer e disfunção hormonal e reprodutiva.

No estado de Mato Grosso, o coquetel aparece em 30 cidades, entre elas, Barra do Garças. Os dados mostram também que houve um crescimento nos anos que foram retiradas as informações, chegando a 2017 com cerca de 92% dos municípios testados. De acordo com o estudo, em alguns anos será impossível encontrar água sem agrotóxico nas torneiras do Brasil.

Veja nota na integra: A Águas de Barra do Garças realiza o monitoramento semestral das Águas Brutas captadas no município de acordo com a Legislação Vigente (Resolução CONAMA 357/05 e CONAMA 396/11) e, até o momento, não foram encontrados parâmetros desconformes com a legislação. Todos os laudos são encaminhados para Vigilância Sanitária do Município e Agência de Regulação.


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<