Quinta-Feira, 23 de Maio de 2019

Justiça do Pará mantém prisão de acusado por roubo a agencia bancaria de Rio Maria




COMPARTILHE

Em reunião realizada nesta segunda-feira (6), os julgadores da Seção de Direito Penal do Tribunal de Justiça do Pará negaram, à unanimidade, pedido de liberdade em Habeas Corpus ao réu Talysson Michael Nascimento Pereira.

Ele foi denunciado pelo Ministério Público por suposta participação em organização criminosa e roubo a banco. A defesa de Talysson alegou a ocorrência de constrangimento ilegal por excesso de prazo para a instrução criminal, além de falta de fundamentação para a decretação de prisão. O relator do Habes Corpus, desembargador Leonam Gondim da Cruz Junior, no entanto, ressaltou que o processo tramita normalmente e que a decisão está devidamente fundamentada na garantia da ordem pública.

De acordo com os autos do processo, Talysson responde à ação penal por ser, supostamente, integrante de uma organização criminosa formada por cerca de 10 a 15 pessoas, que estariam agindo na prática de crimes graves e que teriam como atividade principal o roubo a agências bancárias. Um dos crimes atribuídos à quadrilha foi o roubo à agência do Bradesco no município de Rio Maria, cometido em março deste ano. Talysson foi preso na cidade de Paraiso, no Tocantins.

O ASSALTO: A ação criminosa ocorreu em 18 de março, quando a quadrilha, fortemente armada, composta de pelo menos 12 pessoas atacou a agência do Bradesco, destruindo, com explosivos de alto impacto, os caixas eletrônicos e toda a parte do prédio onde funcionava o autoatendimento. 


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<