Domingo, 19 de Maio de 2019

Homem mata cachorro e filhote a tiros e é preso com 4 armas em casa em Tangará da Serra




COMPARTILHE

Um homem de 36 anos foi preso depois de atirar e matar um cachorro e um filhote na zona rural de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá, no sábado (11). Um terceiro cachorro também foi atingido, mas sobreviveu. Daniel Diogo Almeida foi levado para a delegacia para as providências cabíveis. O G1 tenta localizar a defesa dele.

Os animais, segundo a Polícia Militar, pertenciam a crianças que tomavam banho em uma represa nas proximidades. À polícia, uma delas contou que foram até a represa – que seria de uso coletivo –, para tomar banho. Na ocasião, um cachorro da propriedade de Diogo se aproximou e uma das crianças passou a mão nele.

Segundo o boletim de ocorrência, a mulher de Diogo teria visto a cena e passou a discutir com os menores de idade. Depois disso ela foi embora. Em seguida, o marido dela foi até a represa e disse que não queria que as crianças tomassem banho no local e começou a atira nos cães que estavam com as crianças.

Com os disparos, Belinha, Pandora – um filhote –, e Pirata foram atingidos. O filhote e Pirata morreram no local. A cadela foi levada para um pet shop com ferimentos. Em depoimento, Diogo alegou que estava no local para ligar a bomba d'água e que os cachorros avançaram contra ele, ocasião que efetuou os disparos para se defender. Na casa dele a polícia encontrou quatro armas, sendo duas pistolas, uma carabina e uma espingarda, e grande quantidade de munição. Ele alegou ser atirador e possuí registro de duas delas.


Autor:AMZ Noticias com Gazeta Digital


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<