Sexta-Feira, 24 de Maio de 2019

Seripa aponta falha no motor como causa da queda de avião que se partiu ao meio em Vila Rica




COMPARTILHE

O Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes, (Seripa), apontou que o monomotor Neiva, modelo EMB-711ST, que caiu no dia 03 de maio passado, quando tentava fazer um pouso no aeroporto municipal de Vila Rica (1,2 mil km de Cuiabá) sofreu uma falha no motor.

“A aeronave decolou de local não homologado ou registrado, com destino ao aeródromo de Vila Rica, a fim de realizar o transporte de pessoal, com um piloto e dois passageiros a bordo. Na curta final foi percebido que as luzes de confirmação de trem de pouso travado em baixo não estavam acesas. Ao iniciar o procedimento de arremetida, o motor da aeronave falhou e foi realizado um pouso forçado. A aeronave teve danos substanciais. O piloto e os passageiros saíram ilesos”, apontou o Seripa em um registro preliminar. O caso ainda segue sendo investigado para apontar o que teria causado a falha do motor.

O investigador chefe da Polícia Civil de Vila Rica, Ednir Paulista informou, ao Só Notícias, na data da queda, que o avião havia sido impedido de decolar da fazenda em Santa Cruz do Xingu – que fica a cerca de 180 km do município – que está em processo de reintegração de posse e, por isso, a Polícia Militar foi até o local para liberar a decolagem e prendeu dois homens por posse ilegal de arma de fogo.


Autor:AMZ Noticias com SoNoticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<