Terca-Feira, 24 de Novembro de 2020

Pastora paraense gera polemica ao afirmar que Gabriel Diniz cantava para o diabo




COMPARTILHE

A pastora paraense Juliana Tuma publicou vídeos em suas redes sociais falando sobre a morte do cantor Gabriel Diniz. Nas imagens, ela afirma que o cantor, que morreu no ultimo 27 de maio, em um acidente aéreo, foi para o inferno. Juliana é pastora na Casa de Oração Filadélfia.

“Caiu o avião daquele da Jenifer. Ai meu Deus! A vida é um sopro”, declara a pastora. “Cantar para o diabo é um caminho sem volta. O pior de tudo é que foi para o inferno”, afirma. “Por isso que a gente tem que entregar nossa vida para Jesus. Eu entreguei com 27 anos, graças a Deus”, ressalta.

Gabriel Diniz morreu dia 27 de maio, em um acidente aéreo em Estância, Sergipe. Ele ficou conhecido por ser o dono do hit “Jenifer” que foi sucesso no verão.Segundo o Instituto Médico Legal (IML), o motivo de sua morte foi politraumatismo devido ao impacto da queda.

Polêmica - Conforme apurou o Diário Online, a declaração polêmica feita pela pastora tem dado o que falar nas redes sociais. Entre vídeos de procedimentos estéticos e caminhadas na Praça Batista Campos. Embora afirmando que o artista foi para o inferno porque "cantava para o diabo", a pastora não esclareceu, no entanto, qual a relação entre o cantor e a figura imaginária satânica. Com a repercussão de suas publicações, Juliana as apagou e bloqueou seu perfil no Instagram. O perfil do Faceboook, no entanto, segue aberto, diz a jornal da capital. 


Autor: AMZ Noticias com DOL


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias