Sábado, 19 de Outubro de 2019

Moradores do Santa Amália buscam apoio de Pedro Taques contra linhão de energia




COMPARTILHE
O senador Pedro Taques (PDT) recebeu na tarde desta terça-feira (15.01) moradores do bairro Santa Amália que lutam contra a instalação de um linhão de transmissão de energia da Rede Cemat no local. O pedetista se colocou à disposição para expor a preocupação dos moradores no Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde a concessionária de energia deve tentar derrubar a liminar concedida pela Justiça de Mato Grosso suspendendo a obra.
Para o presidente da Associação de Moradores do Bairro, Rowel Ferreira, o apoio do senador é importante no âmbito nacional, já que terão um interlocutor em Brasília. “Daqui, de Cuiabá, é difícil pra gente defender nossa causa”, afirmou.
No encontro, o ouvidor-geral da Defensoria Pública, Paulo Lemos, que acompanhou o grupo de moradores, explicou que a obra não tem estudo de impacto de vizinhança. Segundo o defensor, três diretos básicos são ofendidos com a construção do linhão: direito moradia com qualidade; direito fundamental à saúde; e direito de ir e vir.
O defensor disse que as torres de transmissão estão sendo construídas nas calçadas dos moradores e que essas torres podem provocar descargas elétricas. As instalação das torres também afetaram o sistema de esgoto e ainda prejudicam a passagem de pedestres e cadeirantes nas calçadas.
O senador de Mato Grosso se comprometeu a assumir a interlocução do caso e disse concordar com as reivindicações dos moradores. “Vocês já têm apoio da defensoria, a prefeitura já sinalizou a disponibilização de outro terreno para a obra, então podemos chegar a uma opção que contemple a todos”, afirmou Pedro Taques. A primeira medida será notificar a Rede Cemat, solicitando uma reunião para debater o tema, já que os moradores reclamam da falta de diálogo.
Rowel Ferreira disse que a decisão liminar suspendendo a obra significa apenas a vitória de uma batalha. “Ainda temos uma guerra pela frente. Estamos contentes com essa decisão suspendendo a obra, mas sabemos que ainda há muita coisa por vir. O que tem que ficar claro é que o direto da vida humana não está sendo respeitado, por isso buscamos o apoio do senador Pedro Taques”, disse o presidente.


Autor:Ana Rosa Fagundes


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<