Domingo, 08 de Dezembro de 2019

Secretaria de Educação entrega materiais esportivos para escolas estaduais de Mato Grosso




COMPARTILHE

A Secretaria de Estado de Educação (Seduc) entregou, nesta quinta-feira (19.07), kits de materiais esportivos para escolas da rede estadual. O material foi adquirido por meio do convênio 703.202/2010 e atende o Plano de Ações Articulas (PAR), do compromisso Todos pela Educação.

Ao todo, serão entregues 24.173 itens, entre bolas de vôlei, basquete, futsal e handebol, borracha e redes de vôlei, de basquete e futsal, para 755 escolas. Nesta quinta-feira 24 escolas de Cuiabá e Várzea Grande receberam os kits. As demais unidades de ensino da rede estadual receberão os materiais até a segunda quinzena de agosto de 2019. Além dos artigos esportivos, algumas escolas também receberão materiais pedagógicos.

Segundo a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, a Seduc trabalha para melhoria da estrutura das escolas. “É lá que a Educação acontece e é lá que estão as nossas crianças que precisam desse apoio. Tenho certeza que esses materiais vão contribuir e muito para a melhoria do trabalho dos nossos professores e da aprendizagem dos alunos”.

As escolas escolhidas constam no plano de ação enviado ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) no ano de 2019. Para a professora Leide Laura de Souza, diretora da escola Fernando Leite de Campos, de Várzea Grande, esses materiais são de grande valia, pois a unidade escolar é reconhecida no município por incentivar a prática esportiva.

“Nossa escola está participando dos jogos da juventude e no final do mês vai para o município de Água Boa representar nossa cidade na etapa estadual nas modalidades do futsal e do voleibol. Esses materiais são um presente para nossos alunos”.

A Escola Estadual Nova Chance, que atende alunos privados de liberdade, também foi beneficiada com bolas e redes. Segundo a diretora da unidade, Conceição Aparecida Bastos, a entrega dos materiais é de suma importância para a escola, pois ampliará o processo educativo de alfabetização e continuidade na escolarização para os alunos.

“Eles chegaram em boa hora, pois o plano de ações pedagógicas desenvolvidas pelos profissionais da Educação, que atuam com alunos privados de liberdade, possui articulação interdisciplinar entre as áreas do conhecimento e vai atender também as perspectivas da Educação de Jovens e Adultos nesse segmento”, disse a diretora.


Autor:AMZ Noticias com Rosane Brandão


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<