Segunda-Feira, 17 de Janeiro de 2022

Vera: Prefeito Vigolo herda dívida de R$ 500 mil e paga multa diária que já soma R$ 11 mil




COMPARTILHE

O prefeito de Vera, Nilso Vigolo, herdou da gestão passada, além da dívida de aproximadamente R$ 500 mil, uma multa diária de R$ 500, resultado do descumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) na área da saúde firmado em 2012.

O valor da multa refere-se a não aplicação de recursos públicos que totalizam R$ 92 mil. O prefeito anterior comprometeu-se a repassar o valor, mas não cumpriu o acordo que determinou como prazo o dia 31 de dezembro.

“O recurso não foi repassado para a Saúde. Mas vamos tentar regularizar essa situação até o fim de janeiro”, informa Vigolo. Mas a multa representa mais um prejuízo para o cofre municipal. Nesta terça-feira (22), o descumprimento do TAC já totaliza R$ 11 mil.

A Prefeitura de Vera também está com dificuldades para honrar compromissos atuais, já que o dinheiro em caixa é irrisório. “Na conta movimento nós temos apenas R$ 3,2 mil para administrar o município”, lamenta Vigolo.

O prefeito ressalta que o restante, cerca de R$ 1,2 milhão, está vinculado a despesas realizadas pelo ex-prefeito Moacir Giacomelli. “Esse recurso já foi comprometido pela gestão anterior. Nós não podemos utilizar esse dinheiro”, explica.

Nilso Vigolo, no entanto, afirma que não está desanimado e que a sua equipe está trabalhando no planejamento dos investimentos para 2013. “Vamos sanar todas as pendências e, ao mesmo tempo, fazer o que for possível para manter a administração municipal funcionando e promover os investimentos do nosso plano de governo”, completa.


Autor: Sérgio Édison – Jornal da Noticia


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Noticia e um meio de comunicacao de propriedade da AMZ Ltda.
Para reproduzir as materias e necessario apenas dar credito a Central AMZ de Noticias