Domingo, 22 de Setembro de 2019

Bolsonaro diz que tendência é enviar Forças Armadas para combater incêndios na Amazônia




COMPARTILHE

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta sexta-feira (23) que a "tendência" é a de que o governo federal envie as Forças Armadas para combater incêndios na região amazônica.

Bolsonaro foi questionado por jornalistas na portaria do Palácio da Alvorada sobre ajuda do governo federal para combater as queimadas na Amazônia. "A tendência é essa, a gente fecha agora de manhã", declarou.

O apoio das Forças Armadas é autorizado pelo presidente da República por meio de decreto de Garantia da Lei e da Ordem (GLO). Geralmente ocorre de forma pontual, em localidade específica e por tempo pré-determinado.

Nos últimos anos, a GLO foi usada em situações de risco de segurança para a população, como quando foi aplicada para combater o crime organizado no Rio de Janeiro e para garantir a normalidade de eleição no Amazonas, ambos os casos registrados em julho de 2017.

Aumento das queimadas - O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na noite desta quinta-feira (22) com ministros para discutir as queimadas na floresta, que aumentaram 82% de janeiro a agosto na comparação com o mesmo período do ano passado e se intensificaram nas últimas semanas.

Bolsonaro assinou um despacho determinando a todos os ministros que adotem medidas necessárias para o "levantamento e o combate a focos de incêndio na região da Amazônia Legal". O objetivo, segundo o despacho, é a "preservação e a defesa da Floresta Amazônica, patrimônio nacional".

O assunto ganhou repercussão internacional e, também nesta quinta, o presidente francês, Emmanuel Macron, informou que o tema deverá ser discutido em reunião do G7 deste fim de semana, em Biarritz, sudoeste da França. Nesta sexta, a chanceler alemã, Angela Merkel, classificou a situação da Amazônia como "preocupante" e chamou de “ameaça” para “o mundo inteiro” e também declarou que o tema precisa ser debatido no encontro do G7.


Autor:Guilherme Mazui com G1


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<