Terca-Feira, 10 de Dezembro de 2019

Polícia Civil de Nova Xavantina prende três por envolvimento em crimes na cidade




COMPARTILHE

Visando intensificar o combate a violência no município de Nova Xavantina, a Polícia Judiciária Civil prendeu três pessoas suspeitas em crimes, e apreendeu uma arma de fogo e munições. O trabalho foi resultado de diferentes diligências investigativas na região.

A primeira prisão ocorreu na noite de segunda-feira (02.09), sendo dois presos por receptação de mercadorias furtadas de estabelecimentos comerciais. R.G.V., 30, conhecido como “Renatinho”, e D.B.S.B., 26, foram presos em flagrante por receptação qualificada.

Conforme o delegado de Nova Xavantina, Raphael Diniz Garcia, os dois suspeitos possuem extensa ficha pela polícia. D.B.S.B. faz uso de tornozeleira eletrônica.

“Já o segundo, R.G.V, é um dos envolvimentos no latrocínio do funcionário municipal, que trabalhava no caminhão coletor de lixo doméstico. O roubo seguido de morte aconteceu em uma propriedade na zona rural”, disse o Raphael Diniz.

Ambos suspeitos foram surpreendidos pelos policiais civis em uma residência no bairro Toleto, onde foram recuperadas diversas peças de roupas, aparelhos celulares e outros objetos, proveniente de um furto praticado a uma loja. No local também foi apreendia uma porção aparentando ser pasta base de cocaína.

Diante do flagrante, R.G.V., e D.B.S.B., foram levados à Delegacia de Nova Xavantina, ouvidos e autuados pelo crime de receptação qualificada. Na outra ação deflagrada pela Polícia Civil, na segunda-feira (02.09), uma pessoa foi detida e um revólver calibre 32 com seis munições apreendidos.

O suspeito, D.R.S. de 27 anos, foi detido por posse ilegal de arma de fogo e munições e disparo de arma de fogo. Segundo apurado, D.R.S. foi o responsável por efetuar quatro disparos contra uma casa no bairro Setor Xavantina. Os tiros ocorridos no período da noite atingiram a porta da residência.

Ao ser localizado e encaminhado à Delegacia de Polícia para esclarecimentos, D.R.S assumiu as acusações, alegrando da intenção de “somente dar um susto” na pessoa que mora no imóvel, em razão de uma desavença entre os dois envolvendo mulher.Depois de ouvido, foi arbitrada a fiança do valor de R$ 2 mil para que ele possa responder em liberdade o inquérito instaurado pela Polícia Civil.

APRESENTAÇÃO - Na última sexta-feira (30.08), o filho acusado de junto com o pai de praticar uma tentativa de homicídio contra um frentista, ocorrida em um posto de combustível compareceu na Delegacia de Polícia. A tentativa de homicídio cometido por pai e filho foi motivada por uma dívida referente a negociação de compra e venda de uma motocicleta. Logo após os fatos, o pai e autor dos disparos, O.R. de 47 anos, foi preso em flagrante pelo Polícia Militar.

Porém o filho, T.R.S. de 22 anos, conseguiu fugir. No entanto, o jovem acabou se apresentando à Polícia Civil. Por não estar em situação de flagrante, o rapaz foi interrogado e responderá junto com o pai, por tentativa de homicídio qualificado.


Autor:AMZ Noticias com Assessoria


Comentários
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<