Domingo, 22 de Setembro de 2019

Suspeito de matar idoso para roubar carro em Mato Grosso é preso dois meses após o crime




COMPARTILHE

Matheus Dias de Arruda, de 20 anos, foi preso na sexta-feira (6), em Cuiabá. Ele é suspeito de ser o autor de um latrocínio no Bairro Morada do Ouro, em julho deste ano. Na ocasião, o idoso Carlos Lemes Vieira, de 66 anos, foi baleado e morreu. O carro dele foi levado por Matheus e os comparsas.

De acordo com o delegado Arnon Osny Mendes Lucas, o suspeito já vinha sendo investigado e procurado desde o dia do crime. A Justiça já havia emitido um mandado de prisão contra ele.

Por meio de uma denúncia anônima, os policiais conseguiram chegar até a casa onde ele estaria escondido. Com ele, foi preso outro suspeito, cuja identidade não foi divulgada. O outro detido também será investigado. No local, a polícia também encontrou uma arma que será periciada. O exame de balística vai apontar se os tiros que atingiram o idoso saíram dessa arma.

O crime - De acordo com o boletim de ocorrência registrado à época, o idoso foi abordado em uma lanchonete próxima de uma praça no bairro. Na ocasião, três homens anunciaram o assalto e fizeram os disparos. Pelo menos três tiros acertaram a vítima. Carlos chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e morreu ao chegar em uma unidade hospitalar.

Os suspeitos levaram o carro da vítima. Na fuga, houve confronto com a Polícia Militar e um deles foi ferido no ombro. Ele foi socorrido. Após alta médica, o suspeito, identificado como Lucas, foi interrogada e confessou a participação no crime. Ele também teria confessado a participação de Matheus. Dessa forma, a polícia começou a investigar e buscar o paradeiro de Matheus. Ele foi preso na última sexta-feira (6), após uma denúncia anônima. O suspeito também é investigado por participar de outros crimes como roubo à residências.


Autor:Redação AMZ Noticias


Comentários

Notice: Undefined index: envio in /home/jornalda/public_html/2018/noticia.php on line 212
O Jornal da Notícia não se responsabiliza pelos comentários aqui postados. A equipe reserva-se, desde já, o direito de excluir comentários e textos que julgar ofensivos, difamatórios, caluniosos, preconceituosos ou de alguma forma prejudiciais a terceiros.

Nome:
E-mail:
Mensagem:
 



Copyright - Jornal da Notícia Para reproduzir as matérias é necessário apenas dar crédito ao Jornal da Noticia

<